Psicóloga é encontrada morta com saco na cabeça em Ipanema

O corpo de Maria Lúcia foi encontrado pela empregada doméstica.

Uma mulher de 72 anos, que trabalhava como psicóloga, Maria Lúcia Magalhães, de 72 anos, foi encontrada morta dentro de seu apartamento no 3º andar de um prédio na Rua Barão da Torre, em Ipanema, na Zona Sul do Rio, nesta quarta-feira (13). O corpo da vítima estava com saco plástico na cabeça.

De acordo com o jornal Extra, a Polícia Civil informou que a Delegacia de Homicídios (DH) realizou uma perícia no local. O corpo de Maria Lúcia foi encontrado pela empregada doméstica ao chegou para trabalhar no apartamento, por volta das 6h30. Segundo a funcionária, ao chegar no local ela viu a casa toda revirada.

A doméstica, que trabalha há cinco anos no imóvel, contou ainda que percebeu a porta do quarto de Maria Lúcia entreaberta e que, com medo, desceu e chamou um dos porteiros. Foi o funcionário do condomínio que encontrou o corpo da psicóloga. Ambos prestaram depoimento na Delegacia de Homicídios, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, onde esta sendo investigado o caso.


Fonte: Com informações do Noticias ao Minuto
logomarca do portal meionorte..com