Quadrilha esquarteja homem por ele se parecer com homicida

A sexta integrante da quadrilha está foragida

Um crime bárbaro chocou a cidade de Girau do Ponciano, no estado de Alagoas. O corpo de um homem, identificado como Geraldo dos Santos, de 46 anos, foi encontrado completamente desfigurado e com sinais de tortura no povoado Chá de Alecrim.

A cabeça e outras partes do corpo, como pênis e orelhas, foram cortados e órgãos foram retirados. As mãos estavam amarradas e a cabeça foi colocada dentro do tórax. O corpo esquartejado foi achado por moradores da região, que ficaram horrorizados com a cena.

De acordo com as informações apuradas, Geraldo dos Santos foi retirado de sua residência, no bairro Caititus, às 2h da manhã. Ele morava sozinho.   

Quadrilha esquarteja homem por ele se parecer com homicida
Quadrilha esquarteja homem por ele se parecer com homicida


Geraldo teria sido apontado pelos criminosos como o assassino de duas crianças, fato que foi descartado pelo delegado. A ordem do esquartejamento teria partido do comando do tráfico de drogas da região e não teria sido um tipo de vingança, como chegou a ser cogitado no início da investigação. Toda a ação foi filmada pelos autores e o vídeo vazou nas redes sociais.

Ainda segundo o delegado, todos os autores do crime são "soldados do tráfico”. Dois dos presos, os irmãos Ubirajara da Silva Santos, de 26 anos, e Brimax Silva Lisboa, de 24, já tinham passagens pela polícia por furto e roubo, respectivamente. O menor que também foi apreendido responde por homicídio.

Quadrilha esquarteja homem por ele se parecer com homicida
Quadrilha esquarteja homem por ele se parecer com homicida


“Pelo depoimento dos suspeitos, quando foram questionados sobre a motivação do crime, ficou claro que eles decidiram que a vítima se assemelhava a um homem que enforcou duas crianças. Mas isso aconteceu em outro estado e o autor do crime teria se suicidado em seguida”, explicou o delegado.

Quadrilha esquarteja homem por ele se parecer com homicida
Quadrilha esquarteja homem por ele se parecer com homicida


A sexta integrante da quadrilha é responsável por decapitar e cortar órgãos da vítima durante o esquartejamento, Thayse Nascimento Duarte, de 19 anos, está foragida. O delegado Itamar Uchôa informou que algumas pistas sobre o paradeiro da jovem já chegaram ao conhecimento da polícia. “Estamos perto de encontrar, temos informações que logo levarão a polícia a prender a mulher”, revelou. 

Fonte: Com informações do Tnh1
logomarca do portal meionorte..com