Sargento baleado por segurança de primeira-dama morre no Maranhão

Sargento da PM estava internado desde julho, quando tudo ocorreu.

O sargento da Polícia Militar Ruben Ferreira, que estava internado após ter sido baleado em uma confusão envolvendo Núbia Feitosa, primeira-dama do município de Paço do Lumiar- Maranhão em julho deste ano, morreu no Hospital Carlos Macieira devido complicações causadas por uma infecção generalizada. O sargento teria sido atingido por tiros efetuados por um policial que fazia segurança da primeira-dama no dia do ocorrido.

A primeira-dama, que também foi baleada, chegou a ser hospitalizada e liberada dias depois. Na versão contada pela nota encaminhada à imprensa pela prefeitura de Paço Do Lumiar, Núbia Feitosa teria parado em um determinado local para tentar impedir a briga do casal que seria o sargento e sua esposa. O homem, o sargento Ruben Ferreira, teria discutido com a  primeira-dama e, em seguida, sacado de uma arma e efetuado vários tiros. 

Câmeras flagraram toda a confusão (Crédito: Reprodução)
Câmeras flagraram toda a confusão (Crédito: Reprodução)

Câmeras de segurança flagraram toda a ação. As imagens mostram um carro chegando com o casal e subindo a calçada. A mulher abre a porta com o veículo ainda em movimento. Em seguida, sai o homem [sargento] e os dois aparentemente discutem por até cinco minutos, até aparecer outro carro, onde estava Núbia Feitosa, acompanhada de dois assessores. 

A briga aconteceu em frente a um condomínio na Av. Principal do bairro Sítio Grande, entre a Estrada da Maioba e o Conjunto Maiobão, em Paço do Lumiar.

O homem que aparece trocando tiros com o sargento é um policial militar reformado. Este também não teve a identidade divulgada ainda. Ele também foi atingido na confusão.

Fonte: Com informações do G1-MA
logomarca do portal meionorte..com