Sejus realiza operação de segurança na Penitenciária Irmão Guido

Na última sexta, uma tentativa de fuga foi abortada no presídio

A Secretaria de Justiça do Piauí realizou, no último sábado (11), operação de segurança na Penitenciária Regional Irmão Guido, localizada na zona rural de Teresina. O objetivo é, por meio da medida preventiva, manter a ordem na unidade penal, evitando, dessa forma, a ocorrência de distúrbios. A ação foi acompanhada pelo subsecretário de Justiça do Estado, Carlos Edilson Sousa.

Atuaram na operação agentes penitenciários e policiais militares da Irmão Guido, o Grupo de Intervenção Prisional, Diretoria de Inteligência e Proteção Externa da Sejus, Grupo de Vistoria da Casa de Custódia de Teresina, Comando de Operações Prisionais Intervenção e agentes penitenciários da Penitenciária de Floriano.

Operação de segurança na Irmão Guido (Crédito: Reprodução)
Operação de segurança na Irmão Guido (Crédito: Reprodução)

Durante a operação, todos os pavilhões da unidade prisional foram vistoriados pelos grupos de segurança, de modo a identificar e eliminar, antecipadamente, situações de riscos. A operação faz parte do Plano de Segurança Prisional da Secretaria de Justiça. Em todas as penitenciárias do Estado são realizadas ações do tipo, funcionando preventivamente.

De acordo com o subsecretário de Justiça, Carlos Edilson Sousa, o Estado tem trabalhado para, através da cooperação estratégica entre as forças de segurança pública, eliminar a possibilidade de ocorrência de distúrbios no sistema prisional. O gestor observa que, mesmo diante do quadro de instabilidade nas penitenciárias, em nível nacional, o Piauí tem conseguido manter os presídios pacificados.

“Realizamos, hoje, mais um procedimento padrão na área de segurança prisional. Procedimentos como este têm assegurando que maiores problemas não aconteçam nos presídios e, caso ocorram, são rapidamente coibidos, trazendo mais segurança para a sociedade”, pontua o subsecretário, ressaltando que investimentos em novas armas, munição, equipamentos de revista e proteção têm sido feitos.

O gerente da Penitenciária Irmão Guido, agentes penitenciário Fábio Keyller, destaca a importância da operação e explica que a unidade realiza, diariamente, procedimentos de vistoria nos pavilhões, o que, segundo ele, auxilia no combate a tentativas de fuga, motins ou rebeliões e outros problemas. Na última sexta (10), uma tentativa de fuga de dois detentos foi abortada na unidade.

Reforma

Durante a operação, também foi feita uma vistoria estrutural na Irmão Guido. Segundo a Secretaria de Justiça, o presídio passará por reforma geral, dentro dos investimentos do Plano de Modernização do Sistema Prisional. O Plano contempla, além de reformas nos estabelecimentos penais, a construção de novos presídios, aquisição de tecnologia de segurança e desenvolvimento de projetos de ressocialização.

Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com