Servente de pedreiro é suspeito de estuprar seis mulheres

'Dizia que as mataria caso contassem algo", diz delegada.

Na última quarta-feira, dia 14, um servente de pedreiro, que não teve o nome divulgado, foi preso acusado de estuprar pelo menos seis mulheres na Região Metropolitana de Goiânia. As vítimas, com idades entre 12 e 22 anos, relataram que eram ameaçadas, caso contassem sobre os abusos sexuais. 

De acordo com a delegada Renata Vieira, da Delegacia da Mulher de Trindade, a polícia investiga se houve mais vítimas do homem que tem 32 anos. "Estamos ouvindo vítimas e não descarto a possibilidade de que haja uma sétima pessoa estuprada por ele"", afirmou a autoridade policial. 

"Elas eram abordadas na rua ou em pontos de ônibus em locais ermos. Depois de serem obrigadas a subir na moto, eram estupradas em uma casa abandonada. Em seguida, ele também levava as mulheres em casa e dizia que as mataria caso contassem algo para a polícia", acrescentou a delegada.

As vítimas foram até a delegacia, onde reconheceram o acusado como autor dos estupros. 

Acusado de estuprar seis mulheres (Crédito: Divulgação)
Acusado de estuprar seis mulheres (Crédito: Divulgação)



Fonte: Com informações do G1