Suspeito de matar 48 pessoas é preso ao tentar novo homicídio

A polícia foi em busca de Leone e conseguiu prendê-lo.

Leone Santos Costa, de 22 anos, também conhecido como Leone do Pânico, foi preso na madrugada do último sábado (26) após tentar assassinar uma mulher em um bar, na região central de Aracaju, no Sergipe. Como apurado pelo "Correio da Bahia", o suspeito atirou na cabeça da vítima e fugiu a pé após um segurança do local reagir.

A polícia foi em busca de Leone e conseguiu prendê-lo. A arma utilizada no crime, um revólver calibre 38, ainda estava com o suspeito. Não há informações sobre o estado de saúde da mulher. Na ocasião, algumas pessoas chegaram a colocar fogo no carro que seria do suspeito.

Segundo o delegado Gustavo Coutinho, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Leone é apontado como líder da facção Caveira, em Feira de Santana, na Bahia, e tem 25 inquéritos abertos contra ele na unidade.

O delegado informou ainda que, como o criminoso já era procurado pela polícia da Bahia, ele provavelmente estava vivendo escondido no Sergipe. No momento, ele segue preso em Aracaju e caberá à Justiça decidir se ele cumprirá a pena na Bahia.


Fonte: Com informações do Noticias ao Minuto
logomarca do portal meionorte..com