Suspeito de matar criança de cinco anos no réveillon é liberado

Arthur Silva, de 5 anos, foi morto durante festa de Fim de Ano.

O suspeito de ter atirado para cima e matado o menino Arthur Silva, de 5 anos, durante uma festa de réveillon na Zona Sul de São Paulo, foi liberado do 89º Distrito Policial na madrugada desta quarta-feira (3). A Justiça negou o pedido de prisão temporária por entender que não havia elementos suficientes para mantê-lo preso.

Arthur Silva
Arthur Silva

Segundo o delegado Antônio Sucupira Neto, o suspeito alegou, em depoimento, que efetuou disparos, mas que eles foram feitos próximo à residência dele, no Jardim das Imbuias, distante de onde o menino foi baleado, no Jardim Taboão.

"Para nós, ele continua como suspeito até que seja feito o confronto balístico. Se confirmar que não foi do revólver dele, ele está descartado como suspeito", disse. O suspeito tem 21 anos, foi preso na terça-feira (2) e está desempregado.

A polícia considera duas possibilidades para a morte da criança: bala perdida e disparo de dentro ou perto da casa. A investigação também aguarda laudo do Instituto de Criminalística para confirmar a trajetória da bala, que deve ficar pronto em no máximo cinco dias.


Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com