Tati Quebra Barraco presta queixa após ataques de racismo

Yuri foi morto, durante uma operação da Polícia Militar

A funkeira Tati Quebra Barraco prestou queixa, nesta terça-feira, por racismo e discurso de ódio manifestado em suas redes sociais após a morte de seu filho, Yuri Lourenço da Silva, no ínicio de dezembro, na Cidade de Deus, Zona Oeste do Rio. 

A denúncia foi feita na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática.

Tati Quebra Barraco também se pronunciou sobre o processo que irá mover contra o Estado do Rio em decorrência das circunstâncias em que Yuri foi morto, durante uma operação da Polícia Militar na comunidade.

Tati Quebra Barraco presta queixa após ataques de racismo  (Crédito: Reprodução)
Tati Quebra Barraco presta queixa após ataques de racismo (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Extra
logomarca do portal meionorte..com