Travesti é assassinada ao deixar currículo no Sine em Fortaleza

A vítima de 29 anos foi atingida nas costas e na cabeça.

Uma travesti foi brutalmente assassinada dentro da sede do Sistema Nacional de Empregos/Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (Sine/IDT), em Itaitinga, em Fortaleza, no estado do Ceará, durante a tarde de segunda-feira, dia 08. A Polícia Civil está investigando o crime.

De acordo com informações de testemunhas repassadas para polícia, a travesti identificada como Jefferson Cauã Holanda Pinheiro, mais conhecida como “Jeffinho”, foi até o local deixar o currículo profissional na tentativa de conseguir uma vaga como cabeleireiro. 

Enquanto esperava dentro do estabelecimento, dois criminosos entraram e em seguida efetuaram diversos tiros contra a travesti, alvejada nas costas e na cabeça. Um dos tiros atingiu o pé de uma atendente do Sine/IDT, que foi levada ao Hospital Municipal e segue internada. 

No dia 15 de fevereiro deste ano, a travesti Dandara dos Santos, de 42 anos, foi espancada até a morte no bairro Bom Jardim, também em Fortaleza. Os acusados, menores de idade, foram apreendidos. 





Fonte: Com informações do G1-CE
logomarca do portal meionorte..com