Trio preso em operação policial é transferido para Penitenciária

A referida operação contou com seis mandados de prisão.

A Polícia Civil do Piauí, por meio da Delegacia de Matias Olímpio e com apoio das demais Delegacias que compõem a Regional de Esperantina, deflagrou, na madrugada da última quarta-feira (13), uma operação para desmontar uma associação criminosa de venda de drogas e crimes contra o patrimônio (roubos e furtos) nas cidades de São João do Arraial, Campo Largo do Piaui e Esperantina.

De acordo com o Delegado Arthur Leal, a referida operação contou com seis mandados de prisão e seis mandados de busca e apreensão.

Arthur Leal em entrevista concedida a um portal local, a investigação demorou cerca de quatro meses e concluiu que o esquema funcionava há mais de um ano vendendo entorpecentes dentro de escolas públicas e com isso patrocinando roubos e furtos com armas de fogo e motocicletas.

Segundo o delegado, durante a operação foram presos homens identificados como Gabinha, Luciano e Avelar. Sendo que Gabinha e Avelar, foram presos no centro da cidade de São João do Arraial, enquanto, Luciano foi preso na zona rural de Campo Largo.


Arthur Leal informou que o líder do grupo era o traficante Gabinha, que fornecia armas e moto para Luciano praticar os roubos.
O delegado finalizou que durante a operação foi expedido um mandado de prisão preventiva para  João Batista, que por sua vez já se encontra preso na Penitenciaria Regional Luis Gonzaga Rebelo em Esperantina pela pratica de outros delitos.
João Batista é acusado de praticar roubo em companhia de Luciano.


Fonte: Com informações do jornalesp