Turista é morta a tiros pela polícia após furar bloqueio na Rocinha

Maria Esperanza Ruiz Jimenez, de 67 anos, foi morta a tiros.

Uma mulher identificada como Maria Esperanza Ruiz Jimenez, de 67 anos, foi morta a tiros após furar um bloqueio da Polícia Militar na comunidade da Rocinha, no Rio de Janeiro, nesta segunda-feira, dia 23. 

A vítima, turista espanhola, foia tingida por disparos efetuados por policiais militares; homem que conduzia o veículo diz que 'não furou o bloqueio'. 

De acordo com a Polícia Militar do Rio de Janeiro, era realizado bloqueio na comunidade que votou a registrar tiroteio nesta manhã. Ela vinha em um veículo conduzido por um italiano que reside no país há pelo menos quatro anos. Em depoimento, o homem afirmou que não furou o bloqueio, alegando não não viu e nem recebeu ordem e rapada.

A turista foi alvejada com tiro no pescoço e chegou a ser socorrida, mas morreu no Hospital Miguel Couto, na Gávea. A Corregedoria da Polícia Militar e a Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Rio já iniciaram investigação.

Veículo em que seguia a turista morta na Rocinha (Crédito: TV Globo/G1)
Veículo em que seguia a turista morta na Rocinha (Crédito: TV Globo/G1)
Turista Maria Esperanza Ruiz Jimenez (Crédito: TV Globo/ G1)
Turista Maria Esperanza Ruiz Jimenez (Crédito: TV Globo/ G1)



Fonte: Com informações do G1 do Rio
logomarca do portal meionorte..com