Vice-prefeito acusado de agredir a ex-mulher nega o crime

O vice-prefeito de José de Freitas disse que ele foi o agredido.

O vice-prefeito do município de José de Freitas, Antônio Abreu Costa (PTB), está sendo acusado por sua ex-esposa Marta Raquel dos Santos Lima, de agressão doméstica. A empresária fez diversas publicações na sua página, na rede social Facebook, onde afirma ter sido agredida pelo ex-marido na frente dos filhos.

Em uma das postagens, Raquel Lima afirma que foi espancada de forma brutal e ficou calada por ter sido intimidada pelo agressor. “Um crime não pode ficar impune. Bater em mulher além de ser covardia é crime. Não desejo para ninguém o que estou passando, muito triste. A pior coisa é você ser perseguida por pessoas que abusam do poder para se beneficiar”, escreveu ela em diferentes publicações.

O caso está na Justiça com o juiz Lirton Nogueira Santos, da comarca de José de Freitas, que decidiu que Antônio Abreu deve manter distância de no mínimo 1km a ex-esposa.

Publicações de Raquel Lima (Crédito: Reprodução)
Publicações de Raquel Lima (Crédito: Reprodução)
Publicações de Raquel Lima (Crédito: Reprodução)
Publicações de Raquel Lima (Crédito: Reprodução)

Em entrevista a um portal local, o político nega as acusações. De acordo com ele, a mulher está fazendo tudo isso porque não aceita a separação que já está tramitando em processo na comarca do município. Ele declarou que não agrediu a ex-mulher nem verbalmente e nem fisicamente no dia 4 de janeiro, como ela divulgou. O vice-prefeito garante que ele quem foi agredido por Raquel e que ela ainda danificou a porta traseira do seu carro dando socos e pontapés.

Antônio Abreu afirmou que a revolta da ex-esposa se deu na frente de funcionários de sua empresa e de vizinhos e garante que tem testemunhas a seu favor. Segundo ele, após as agressões sofridas se deslocou até a delegacia geral da Polícia Civil em Teresina onde registrou um boletim de ocorrência  e em seguida foi submetido a exame de corpo de delito solicitado pelo delegado Lucy Keiko, que comprovaram que houve ofensa à integridade física e saúde do vice-prefeito.

O advogado Lúcio Tadeu assumiu a defesa do vice-prefeito e já ingressou com um recurso na comarca da cidade pedindo que o juiz revogue a medida protetiva.

Antônio Abreu (Crédito: Reprodução)
Antônio Abreu (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Saraiva Reporter
logomarca do portal meionorte..com