Vídeo mostra abordagem policial que terminou com idoso morto

Idoso foi morto por policial no Dirceu I, na quarta-feira, dia 19.

Um idoso identificado como Osvaldo Ribeiro Cardoso, de 69 anos, foi assassinado a tiros no bairro Dirceu I, na zona Sudeste de Teresina, na quarta-feira, dia 19 de outubro. De acordo com informações de testemunhas, a vítima foi morta por um policial. Câmeras de segurança flagraram o momento da abordagem. Confira o vídeo logo abaixo. 

Nas imagens, é possível ver o exato momento em que os policiais do Choque Montado da Polícia Militar chegam e abordam o idoso que, ao perceber a presença dos PMs, se levanta de uma cadeira e tem início uma correria no local. Ao fundo, ocorre intensa movimentação e, de repente, o idoso é atingido por três tiros.


Uma vizinha, que prefere não se identificar, conta como tudo aconteceu. “Desde ontem ele estava muito agressivo com o dono do aluguel onde ele morava porque estava com dois dias de atraso. O dono das quitinetes foi cobrá-lo e ele ficou muito agitado com isso. Depois de uma discussão entre os dois o dono dos alugueis cortou a energia dele e mandou ele sair, mas ele disse que não ia sair. Hoje começou uma nova discussão e o Osvaldo jogou pedras no portão do proprietário da casa, foi quando ele chamou a polícia. A polícia chegou e detectou que o Osvaldo estava com uma arma branca, ele tentou reagir e atacar o policial que imediatamente atirou nele”, disse. 

Já os policiais que atenderam a ocorrência, afirmam que não sabem de onde vieram os tiros. “A guarnição foi designada para se deslocar até o local onde se encontrava um homem de posse de uma arma branca. Quando chegamos no local ele se encontrava dentro de uma panificadora sentado, a guarnição mandou ele se levantar, colocar a mão sobre a cabeça e ele desobedeceu a ordem e partiu em direção aos policiais. Os policiais se resguardaram e logo houve os disparos que não sabemos de onde surgiu”, disse o comandante Kleber, do 8º batalhão.





Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com