Vídeo mostra desespero de criança ao testemunhar sequestro de pai

Bandidos roubam carro, levam o pai e deixam criança sozinha na rua

O vídeo de um assalto, que mostra o desespero de uma criança ao testemunhar o pai sendo sequestrado no próprio carro por bandidos armados, tem causado comoção nas redes sociais. O crime aconteceu por volta das 22h de terça-feira (08),  em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Civil, a vítima foi deixada próximo a um supermercado, na Rodovia Washington Luiz.

Image title

Toda a ação criminosa dura menos de um minuto. As imagens mostram a vítima sendo obrigada a entrar no carro, enquanto o filho fica sozinho no meio da rua, desesperado. A gravação, registrada pela câmera de segurança de um prédio, foi divulgada na página Rio de Nojeira, no Facebook, e teve milhares de curtidas, compartilhamentos e, principalmente, comentários de pessoas consternadas.

POLÍCIA TENTA LOCALIZAR LADRÕES

A vítima estaciona o carro na calçada, desce e toca a campainha de uma casa. Logo em seguida, o menino, de cerca de três anos, que está no banco de trás, também sai do veículo e vai até o pai, correndo. O garoto é colocado novamente dentro do automóvel.

Neste momento, um veículo preto, com cinco suspeitos dentro, se aproxima, e o rapaz imediatamente coloca as duas mãos para o alto. Enquanto quatro bandidos descem do carro, a criança, que já estava sentada no banco traseiro, sai sorrateiramente e observa da calçada, aparentemente assustada, a ação dos criminosos.

Antes de ser colocado dentro do próprio veículo pelos assaltantes, o homem é revistado e agredido com um soco por um deles. Logo depois, o grupo foge com os dois carros, levando a vítima como refém.

Ao ver os veículos se distanciarem, o menino, ainda na calçada, se desespera: primeiro, estende um braço, como um gesto de chamar o pai. Depois, leva as mãos na cabeça e corre em direção ao carro, que sai em disparada. Duas pessoas aparecem e amparam a criança.

"Dói no coração ver um vídeo desse! Sou mãe e vi meu filho nessa criança", escreveu uma internauta. "Chorei de desespero pela criança e de medo pelo meu filho", comentou outra pessoa.

A delegada Juliana Emerique, titular da 59ª DP (Duque de Caxias), informou que as investigações para identificar os autores do assalto já estão em andamento.

Fonte: Com informações do OGlobo
logomarca do portal meionorte..com