Vigilante é preso após marcar encontro com adolescente de 12 anos

No celular do suspeito foram encontradas várias fotos.

Na tarde desta segunda-feira (06), um homem não identificado de 41 anos, foi preso suspeito de pedofilia, em Suzano. O vigilante teria tentado marcar um encontro com uma menina de 12 anos.

Segundo informações da família, durante conversas com a criança o acusado teria enviado fotos nu para a garota. Os pais então resolveram acionar a polícia que acompanhou o encontro.

O celular dele foi apreendido e, segundo a polícia, havia fotos de meninas, aparentemente crianças e adolescentes, em poses sensuais e vídeo de sexo. O delegado Dênis Miragaia determinou a prisão em flagrante por armazenar as imagens e ele também vai responder por transmitir esses materiais, mas neste caso não houve flagrante. O vigilante foi preso e foi estipulada a fiança de R$ 9.370,00, que não foi paga e, por isso, o homem passará por audiência de custódia.

Conversas

Segundo a polícia, ele usava as redes sociais para seduzir crianças e adolescentes. A última vítima, uma menina de 12 anos, mora em Itaquaquecetuba. Durante as conversas pelo WhatsApp, o vigilante pergunta se a jovem já namorou e quantos anos o parceiro tinha. Depois ele fala que quando tinha 17 anos, "namorava" com a prima de 10 anos.

Em outro trecho da conversa, em que o encontro já estava marcado, ele pergunta para a menina se ela tem “lingerie preta” porque ele “adora”. O homem chegou a mandar para a menina, fotos de outra adolescente nua, e diz que também tem um caso com ela. Fotos dele nu também foram compartilhadas, segundo a polícia.

Foi o pai que assumiu a conversa e marcou o encontro com o suspeito na estação de Suzano. Assim que o homem cumprimentou a vítima, ele foi rendido pelos policiais da Delegacia Central de Itaquaquecetuba, responsável pelas investigações. No celular do suspeito os policiais encontraram materiais pornográficos.


Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com