Advogado piauiense será nomeado vice-cônsul de Guiné Bissau

Ele não será impedido de continuar com a advocacia no Brasil

O advogado piauiense Juarez Chaves Júnior, filho do oficial de justiça Juarez Chaves do Tribunal de Justiça do Piauí, será nomeado vice-cônsul da República Guiné Bissau. O convite para o jurista partiu do Cônsul  Adailton do consulado de Guiné Bissau em Brasília.

Juarez Júnior não será impedido de continuar com a advocacia no Brasil, pois sua missão aqui é fomentar a Republica Popular de Guiné Bissau. “ Eu só irei três vezes por ano lá. Nossa missão será divulgar as potencialidades do país  africano aqui no nosso país”, informou Juarez Júnior.

Ele disse que o convite foi formalizado e que até o final do ano deverá ser nomeado para o consulado de Guiné Bissau. “Em tudo se confirmando, estamos prontos para exercer com muita responsabilidade essa nova missão”, garantiu Juarez Júnior.

A república de Guiné  Bissau é responsável por quarenta por cento da produção de petróleo da África. É país de um milhão e oitocentos mil habitantes, que tem com base econômica a agricultura e o petróleo.


Advogado Juarez Chaves Júnior (Crédito: Pauta Judicial/Telsirio Alencar)
Advogado Juarez Chaves Júnior (Crédito: Pauta Judicial/Telsirio Alencar)


Fonte: Pauta Judicial