Aécio Neves destitui Tasso Jereissati de presidência do PSDB

Aécio comunicou pessoalmente a decisão ao senador cearense

Nesta quinta-feira (09), Aécio Neves (MG) destituiu o senador Tasso Jereissati (CE) da presidência interina do PSDB. Após conversar com tucanos da base aliada ao governo, Aécio foi ao gabinete de Tasso para comunicar a decisão. 

Para o lugar de Tasso Jereissati, Aécio indicou o ex-governador de São Paulo Paulo Alberto Goldman, que ficará à frente do partido até o dia 9 de dezembro. 

Para justificar a decisão, Aécio argumentou que busca “isonomia” na disputa para a presidência do PSDB. O senador cearense disputa o cargo com Marconi Perillo, governador do Goiás. Tasso Jereissati estava a frente do partido desde maio, após Aécio Neves se licenciar do cargo por ter sido flagrado pedindo R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista. 

Aécio Neves (Crédito: Estadão)
Aécio Neves (Crédito: Estadão)

Aécio Neves teria pedido que Tasso Jereissati renunciasse ao cargo, mas, o cearense afirmou que preferia que o próprio Aécio o destituisse. 

Esse é mais um capítulo do duelo entre as duas alas do PSDB: a que defende o afastamento do governo (próxima ao grupo de Tasso) e a que prega a continuidade da aliança com o presidente Michel Temer (próxima ao grupo de Aécio). O novo presidente do partido será escolhido daqui a um mês. 



Fonte: Com informações da Folha de S. Paulo
logomarca do portal meionorte..com