Eunício Oliveira se irritou com notícia de TV antes de passar mal

Presidente do Senado está internado na UTI de hospital em Brasília

Internado na UTI do Hospital Santa Lúcia, em Brasília, o presidente do Senado, Eunício Oliveira, passou mal antes de desmaiar, na madrugada desta quinta-feira (27). Foi amparado pela mulher, Mônica Paes de Andrade Oliveira, que relatou o susto a amigos que estiveram no hospital. O casal estava em frente a televisão.

Exames preliminares descartaram a ocorrência de Acidente Vascular Cerebral. Segundo o relato de Mônica, os médicos suspeitam de encefalite viral. É uma infecção do sistema nervoso central que provoca a inflamação do cérebro. Mas o diagnóstico ainda não foi confirmado.

Presidente do Senado, Eunício Oliveira (Crédito: Reprodução)
Presidente do Senado, Eunício Oliveira (Crédito: Reprodução)

Antes de passar mal, Eunício exalava satisfação com o resultado da sessão noturna que acabara de presidir. Os senadores haviam aprovado duas propostas de grande repercussão: o projeto sobre abuso de autoridade e a emenda constitucional que acaba com o foro privilegiado para congressistas e autoridades.

O senador irritou-se com uma reportagem do Jornal Nacional. No trecho que o abespinhou, a notícia informava: “…o Senado, que tem 28 parlamentares respondendo a inquéritos da Lava Jato no Supremo, deu 75 votos a favor do fim do foro privilegiado. Foi unanimidade, só o presidente Eunício Oliveira não votou…”.

Pelo regimento interno do Senado, o presidente é proibido de votar, exceto quando há empate. Eunício achou que ficou parecendo que ele era contra o fim do foro. Algo que, na sua opinião, não fazia jus ao papel que desempenhara. Ele dizia ter articulado a aprovação da emenda em negociações que vararam a madrugada na noite anterior.

Depois de telefonar à emissora para se queixar, Eunício rendeu-se ao futebol. Assistiu à partida Atlético-PR 2 X 0 Flamengo, válida pela Taça Libertadores. Chegou a cochilar durante o jogo. De repente, sentiu-se mal. Segundo Mônica, ele estava pálido. Suava muito antes de perder os sentidos. Foi levado às pressas pelo filho à Clínica Daher, mais próxima de sua casa. Depois, removeram-no para a UTI do Hospital Santa Lúcia, onde se encontra. 

Fonte: Com informações do Uol