FHC diz não ter tempo e deve recusar convite de Michel Temer

Ex-presidente tem encontro com tucanos e viagem para Europa

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso não deve ter nos próximos dias uma conversa com o presidente Michel Temer, que no final de semana procurou o tucano para tentar agendar um encontro.


Fernando Henrique, segundo sua assessoria, não confirmou por falta de espaço na agenda. Na noite desta segunda-feira, o ex-presidente se reúne num jantar em São Paulo com dirigentes e governadores do PSDB para discutir a crise política. Além disso, FH viaja nesta terça-feira para Europa.

Para o blog de um jornalista, Fernando Henrique considerou “muito ruim” a situação política atual, mas que não teria como antecipar uma posição oficial do partido. O ex-presidente comentou declaração do presidente interino do PSDB, Tasso Jereissati, de que a crise estava insustentável a cada dia, e que a saída do partido do governo seria inevitável.

"Não tenho como antecipar a posição do partido. Mas ele expressou sentimento da Câmara, sentimento da sociedade, mas não o de todos os governadores", disse Fernando Henrique ao blog da jornalista, que ainda afirmou ver a possibilidade de antecipação das eleições. Ele, no entanto, observou: “mas só com a renúncia de Michel Temer precedida de conversa com todos os grandes partidos e não somente com o PSDB”.


Fonte: O Globo