Governador apresenta propostas de investimentos na Alemanha

Proposta foca em políticas para a produção de água potável

Nesta sexta-feira (13), o governador Wellington Dias participou de reunião, em Frankfurt – Alemanha, com a cúpula do Banco Kreditanstalt für Wiederaufbau (KfW), que mantém investimentos para o desenvolvimento de projetos na América Latina. Na oportunidade, o governador apresentou aos representantes do banco alemão projetos para investimentos nas áreas de saneamento e abastecimento d’água.

O projeto apresentado pelo governador foca no desenvolvimento de políticas para a produção de água potável para consumo humano, produção e recarga de lençóis freáticos, tendo como área de atuação a região do semiárido.

O objetivo do Governo do Piauí é firmar contrato no valor de aproximadamente 150 milhões de euros voltados para investimentos infraestruturais de saneamento e abastecimento hídrico para municípios com menos de 15 mil habitantes.

Wellington apresenta proposta de investimentos na Alemanha  (Crédito: Reprodução)
Wellington apresenta proposta de investimentos na Alemanha (Crédito: Reprodução)

Alguns dos pontos a favor do Piauí nesta negociação é o fato de o Estado ter conseguido absorver um dos menores impactos da crise no Brasil, além de possuir uma das menores taxas de desemprego do país.

“O planejamento é a chave para tirar o estado do atraso secular. O Piauí, atualmente, tem uma proposta diferenciada de outros estados brasileiros”, destacou o governador durante a apresentação.

A delegação piauiense destacou alguns índices fundamentais a serem analisados dentro da grade de critérios do banco. O objetivo do Governo é universalizar sistemas de abastecimento, aos moldes do trabalho desenvolvido através do Sistema Integrado de Saneamento Rural do Piauí (Sisar-PI), que possui uma forte aceitação nas comunidades do semiárido piauiense, pela capacidade de autogestão do sistema.

Governador e comitiva piauiense se reúnem com representantes do banco de desenvolvimento alemão KfW (Crédito: Reprodução)
Governador e comitiva piauiense se reúnem com representantes do banco de desenvolvimento alemão KfW (Crédito: Reprodução)

O banco já possuiu investimentos no Piauí. Em projeto encerrado em 2010, foram desenvolvidos programas de construção e ampliação de sistemas de abastecimentos de água e de medidas sanitárias em mais de 30 municípios, beneficiando mais de 30 mil habitantes. A expectativa é de que, ainda este ano, um novo projeto seja desenvolvido no estado e que, por fim, beneficie mais 10 municípios piauienses.

O Brasil é o quinto maior parceiro do KfW no mundo. O foco da atuação do banco no país são projetos desenvolvidos para o meio-ambiente e clima, divididos em duas grandes vertentes: energias e áreas de florestas. Financiamentos na área de saneamento é um dos pontos fortes do trabalho do KfW no Brasil.

Atuando desde 1948, o KfW é um banco de fomento público, que fica a critério do governo alemão, para dar apoio a iniciativas dentro e fora do país em vários segmentos, disponibilizando operação de crédito em áreas múltiplas, como água, saneamento, energias renováveis.



Fonte: Portal Meio Norte