Governador recebe Junta Executiva do Fida nesta segunda (21)

Representantes de 10 países participarão de visitas técnicas no PI

O governador Wellington Dias receberá, nesta  segunda-feira (21), a Junta Executiva do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) ,composta por representantes de 10 países, com objetivo de  visitar os projetos desenvolvidos pela entidade no estado, por meio do projetos Viva o Semiárido executado pela Secretaria de Desenvolvimeto Rural (SDR). O chefe do executivo estadual se reunirá com os representantes, às 9h, no Palácio de Karnak. 

A Junta Executiva , é um dos principais órgãos de decisões da instituição, e têm a responsabilidade sobre a análise e aprovação de todos os projetos desenvolvidos pelo Fida no mundo, incluindo o Projeto Viva o Semiárido do Piauí (PVSA).  A comitiva é formada por: Mohammed Ahmed Alghamdi (Arábia Saúdita); Des Alwi (Indonésia); Nazareno Montani Cazabat (Argentina); Fabian Sumba Muya (Quênia); Yaya O. Olaniran (Nigéria); Maria Esperança Pires dos Santos (Angola); Nii Quaye-Kumah (Gana); Jiaoqun Shi (China); Margot Skarpeteig ( Noruega); Dimka  Stantchev Skeie ( Suíça) e Adenike Ajagunna, IFAD Staff.  

Todo ano os membros da junta escolhem uma região do mundo para conhecer de perto as ações desenvolvidas pelo Fida.“ No ano de 2016 a região escolhida para a viagem, foi a América Latina, entre os países o Brasil e o estado foi o Piauí, devido a rica experiência dos projetos do PVSA. As visitas vão dar oportunidade de conhecer in loco algumas intervenções de negócio  tanto no campo estratégico como as organizações mais avançadas”, comentou Hardi Vieira, oficial de programas do Fida no Brasil.

O diretor do projeto Viva o Semiárido e coordenador do Fida no Piauí, Francisco das Chagas, disse que entre os países estarão representantes da China, Arábia Saudita, Argentina e Suíça e que a visita vai também proporcionar um conhecimento maior dos membros da Junta sobre o trabalho que o Fida está desenvolvendo no País,especificamente no Piauí.“ Eles vão visitar o campo,conhecer o estado, as associações e cooperativas que desenvolvem os projetos financiados pela Instituição” disse

Francisco das Chagas também acrescentou que a visita que inclui os municípios de Picos, Ipiranga e Valença, também será uma forma de prestar contas de como estão sendo aplicados os recursos, se o projeto está atendendo ao objetivo principal na educação contextualizada e de redução da pobreza. Alcançando ,principalmente, as mulheres, quilombolas e jovens do estado, para que eles tenham chance de desenvolver atividades em suas regiões,como, apicultura e cajucultura, por exemplo, “ e não se aventurarem para outros estados,saindo de suas terras e muitas vezes não tendo bom êxito,apostando num futuro incerto” concluiu o diretor do Fida no Piauí.

Fonte: Com informações do Portal do Governo
logomarca do portal meionorte..com