Governo anuncia aumento de previsão do rombo para R$ 159 bilhões

Anúncio feito por ministros Henrique Meirelles e Dyogo Oliveira

Diante da arrecadação abaixo do esperado, o governo federal aumentou sua previsão de rombo nas contas públicas deste ano e de 2018 para R$ 159 bilhões. Até então, as metas eram de deficit de R$ 139 bilhões em 2017 e de R$ 129 bilhões no ano que vem. A mudança precisa ser aprovada pelo Congresso.

O anúncio das mudanças foi feito nesta terça-feira (15) pelos ministros Henrique Meirelles (Fazenda) e Dyogo Oliveira (Planejamento).

Na manhã desta terça, os dois ministros se reuniram com líderes partidários na residência do presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), para discutir o aumento da meta e tratar de projetos que podem trazer novas receitas para os cofres do governo;

O anúncio oficial dos novos valores estava previsto ser feito nesta quarta-feira (16), mas foi antecipado. Antes disso, a divulgação havia sido adiada duas vezes por impasse dentro do governo. Os políticos queriam mais dinheiro para gastar em obras, e a equipe econômica buscava economizar.

A meta desde ano, que agora é abandonada, havia sido definida pela equipe econômica em julho do ano passado, quando Michel Temer era presidente interino.

Na época, ao reduzir a previsão de rombo, que antes era de R$ 194 bilhões, Meirelles disse que a nova meta era dura, mas representava "um compromisso muito forte com uma redução de despesas muito importante" do governo.

O projeto de Orçamento para o ano que vem, com a previsão de rombo, tem de ser enviado ao Congresso Nacional até 31 de agosto.



 Henrique Meirelles anunciou mudanças
Henrique Meirelles anunciou mudanças


Fonte: Uol