Horas antes de ser preso, Garotinho celebrou prisão de Picciani

Mal sabia o ex-governador que seria o próximo alvo.

Sem imaginar e cerca de dez horas antes de ser preso pela Polícia Federal (prisão ocorrida na manhã desta quarta-feira (22/11), o ex-governador Anthony Garotinho (PR-RJ), realizou uma transmissão ao vivo pelo seu Facebook no qual comemorou a prisão dos deputados Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB. 

No vídeo, o ex-governador fez acusações de outros setores do poder sobre corrupção

O político chegou a reproduzir uma piada sobre a reunião de acusados no presídio de Benfica, na Zona Norte do Rio. No vídeo, Garotinho preconiza que a faxina contra corruptos ainda não havia terminado.

"Tem até aquela piadinha do PMDB, o Partido do Movimento Democrático de Benfica, está todo mundo em Benfica. Os três deputados, o ex-governador (Sergio Cabral), os seus principais auxiliares, os seus operadores, vários empresários. Uma situação terrível. É preciso que a população acorde, porque ainda não terminou a faxina. Faltam outros setores que foram altamente envolvidos com essa safadeza toda", ressaltou Anthony na rede social.

Na segunda-feira, em tom semelhante de indignação, Garotinho frisou que a Operação Cadeia Velha, responsável pela prisão de Piccinai, o despertou "vergonha, vergonha, vergonha". "Ainda vai aparecer muita sujeira por aí", confiou o político. Durante a gravação no Facebook, o político reivindicou para si papel importante nas investigações contra Cabral e Picciani, em função de denúncias postadas em seu blog, e reforçou que "muito mais" estava por vir.


Fonte: Com informações do O Globo
logomarca do portal meionorte..com