Italianos farão estudos para produzir energia com resíduos no Piauí

O governador Wellington Dias esteve reunido com empresários em Roma

O governador Wellington Dias reuniu-se, nessa quarta-feira (21), em Roma, na Itália, com representantes da empresa Ami Ceretti. O encontro teve como objetivo firmar uma parceria entre o governo e a empresa estrangeira, que possibilitará estudos de viabilidade de projetos de geração de energia para o Plano Municipal de Saneamento Básico.

A Ami Ceretti já atua no Brasil na área de geração de energia. “A empresa trabalha a partir da biomassa e da coleta e tratamento de resíduos sólidos. Parte do lixo é utilizado para gerar energia, portanto é um negócio sustentável, que interessa muito ao Piauí. Se for comprovada a viabilidade do projeto nos municípios do estado, esse modelo de geração de energia também irá gerar emprego e renda”, explica o governador.

Empresário italiano Luigi Ceretti, através da Secretaria da Mineração, havia solicitado esta audiência com o governador (Crédito: Reprodução)
Empresário italiano Luigi Ceretti, através da Secretaria da Mineração, havia solicitado esta audiência com o governador (Crédito: Reprodução)

Inicialmente, cerca de US$ 1 milhão será destinado aos estudos de viabilidade. “No mês de janeiro, vamos apresentar uma carta consulta e a ideia é que possamos trabalhar a captação de recursos para os estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental, além de atuar na elaboração de projetos para o primeiro semestre de 2017, para que no segundo semestre possam ser concretizados”, ressalta Wellington Dias.

A empresa italiana também demonstrou interesse em patrocinar os estudos de viabilidade de projetos para Bacias Hidrográficas do Piauí. São projetos semelhantes ao das Bacias dos Rios Canindé e Piauí, que tem como essência a implantação de infraestrutura de perenização do rio, como também de infraestrutura produtiva, recuperando as matas ciliares e das nascentes dos rios, além do trabalho de organização e articulação da população local. A ideia é que a Ami Ceretti atue na elaboração dos planos. 

Empresário italiano Luigi Ceretti, através da Secretaria da Mineração, havia solicitado esta audiência com o governador (Crédito: Reprodução)
Empresário italiano Luigi Ceretti, através da Secretaria da Mineração, havia solicitado esta audiência com o governador (Crédito: Reprodução)


Fonte: Portal Meio Norte