'Quem acha que é o fim do Lula vai quebrar a cara', diz petista

Lula pela 1º vez após ser condenado.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se pronunciou pela primeira vez após ser condenado a 9 anos e seis meses de prisão em regime fechado. 

''O Estado democrático está sendo jogado na lata do lixo", afirmou o petista em entrevista coletiva concedida na  sede nacional do PT, em São Paulo.

O petista politizou a sentença proferida por Moro e disse que "há uma intenção de me tirar do jogo político".

"Não sei como alguém consegue escrever quase 300 páginas contra uma pessoa que ele quer condenar sem nenhuma prova", afirmou. 

"Eu acreditava que ia terminar do jeito que terminou porque era visível que o que menos importava para as pessoas que faziam era o que você falava.  Eles já estavam com o processo pronto. Já estavam com a condenação pronta.". 

Lula disse também que a decisão judicial despertou sua disposição de se lançar candidato às eleições presidenciais de 2018.

"Se alguém pensa que com essa sentença me tiraram do jogo, pode saber que eu tô no jogo", afirmou Lula.

"E agora quero dizer ao meu partido que até agora não tinha reivindicado, mas vou reivindicar, de me colocar como postulante à Presidência da República em 2018."


"Quem acha que é o fim do Lula vai quebrar a cara. Quem tem o direito de decretar o meu fim é o povo brasileiro", prosseguiu o petista.

"Ficaria mais feliz se eu fosse condenado com base em uma prova. O que me deixa indignado, mas sem perder a ternura, é perceber que você foi vítima de um grupo de pessoas que contou uma primeira mentira e passa a vida para justificar aquela primeira mentira", afirmou.

"Não sei como alguém consegue escrever quase 300 páginas para não dizer absolutamente nada."

Durante seu discurso, o ex-presidente repetiu diversas vezes que não há provas contra ele na sentença.   "A única prova que existe nesse processo, de não sei quantas páginas, é a prova da minha inocência", afirmou.    "Eu ficaria mais feliz se fosse condenado por uma prova. Se me desmascarassem. O que me deixa indignado, mas sem perder a ternura,  , é perceber que está sendo vítima por um grupo de pessoas que está contando uma mentira, e vai continuar contando essa mentira o resto da vida.  Eu não tenho um tríplex", afrimou durante entrevista coletiva em São Paulo. 

Em seguida, Lula associou sua condenação ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. "Não é possível que aqueles que prepararam a mentira do golpe contra Dilma e às forças democráticas de 2014 iriam ficar com os braços cruzados esperando as eleições de 2018.  Se o Lula pudesse ser candidato o golpe não fechava."

Durante a coletiva, Lula também citou artigo que escreveu para o jornal Folha de S.Paulo em outubro de 2016. Ele leu trecho do texto:  "Meus acusadores sabem que não roubei, não fui corrompido nem tentei obstruir a Justiça, mas não podem admitir.  Não podem recuar depois do massacre que promoveram na mídia. Tornaram-se prisioneiros das mentiras que criaram, na maioria das vezes a partir de reportagens facciosas e mal apuradas.  Estão condenados a condenar e devem avaliar que, se não me prenderem, serão eles os desmoralizados  perante a opinião pública. Tento compreender esta caçada como parte da disputa política, muito embora seja um método repugnante de luta.  Não é o Lula que pretendem condenar: é o projeto político que represento junto com milhões de brasileiros.   Na tentativa de destruir uma corrente de pensamento, estão destruindo os fundamentos da democracia no Brasil.''

Bem-humorado, Lula agradeceu a militância do partido. E disse: "O Moro tem para comigo o otimismo que nem eu tenho . 19 anos sem poder exercer nenhum cargo. Ou seja, está permitindo que eu possa ser candidato em 2036"

Lula fala pela 1ª vez após ser condenado


. 19 anos sem poder exercer nenhum cargo. Ou seja, está permitindo que eu possa ser candidato em 2036".... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/07/13/lula-coletiva-apos-condenacao.htm?cmpid=copiaecol
Bem-humorado, Lula agradeceu a militância do partido. E disse: "O Moro tem para comigo o otimismo que nem eu tenho... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/07/13/lula-coletiva-apos-condenacao.htm?cmpid=copiaecola
Eles já estavam com o processo pronto. Já estavam com a condenação pronta."... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/07/13/lula-coletiva-apos-condenacao.htm?cmpid=copiaecola
"Eu acreditava que ia terminar do jeito que terminou porque era visível que o que menos importava para as pessoas que faziam era o que você falava. ... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/07/13/lula-coletiva-apos-condenacao.htm?cmpid=copiaecola
O petista politizou a sentença proferida por Moro e disse que "há uma intenção de me tirar do jogo político".... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/07/13/lula-coletiva-apos-condenacao.htm?cmpid=copiaecola
9 anos e seis meses de prisão em regime fechado pelo juiz Sergio Moro.... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/07/13/lula-coletiva-apos-condenacao.htm?cmpid=copiaecola "o Estado democrático está sendo jogado na lata do lixo",...
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta quinta-feira (13) durante entrevista coletiva concedida na sede nacional do PT, em São Paulo, que "o Estado democrático está sendo jogado na lata do lixo",... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/07/13/lula-coletiva-apos-condenacao.htm?cmpid=copiaeco


Fonte: G1