Manifestantes invadem plenário da CCJ e gritam: 'Fora, Temer'

Os seguranças da Câmara usaram a força para conter os manifestantes

Um grupo invadiu a Comissão de Constituição e Justiça nesta quinta-feira (13) e começou a gritar palavras de ordem como “fora, Temer" e "diretas já”. Os seguranças da Câmara usaram a força para conter os manifestantes, que foram retirados da sala. Logo em seguida, os parlamentares retomaram o debate.A CCJ discute a denúncia de corrupção passiva apresentada pela Procuradoria Geral da União contra o presidente Michel Temer. A invasão ocorreu logo após a comissão terminar a fase de discursos sobre a denúncia.


Em meio ao tumulto, caiu água no sistema de áudio da comissão e o microfone do relator, Sérgio Zveiter (PMDB-RJ), não funcionou. Para ler seu discurso final na CCJ, ele teve que utilizar um microfone sem fio.

Na segunda-feira (10), Zveiter apresentou um parecer pela admissibilidade da denúncia. Depois de dois dias em que a CCJ realizou sessões para debater o relatório, os deputados da comissão devem votar nesta quinta se aprovam ou não a admissibilidade da denúncia.

Fonte: G1