PSDB está evoluindo para sair do governo, diz presidente do partido

Tasso Jereissati assumiu interinamente o comando do PSDB.

No comando de quatro pastas na Esplanada dos Ministérios, o PSDB se articula internamente para desembarcar do governo Michel Temer. Em entrevista, o presidente em exercício do partido, senador Tasso Jereissati (CE), afirmou que, nos últimos dias, a sigla "está evoluindo naturalmente para a saída do governo".

Atualmente, o PSDB está à frente dos ministérios das Relações Exteriores, das Cidades, da Secretaria de Governo (articulação política) e Direitos Humanos.

O dirigente ressaltou que, se vier a entregar os ministérios que ocupa na gestão do peemedebista, o PSDB não irá fazer oposição a Temer. Segundo Tasso, a articulação para que a legenda deixe o governo federal tem ocorrido "sem nenhuma imposição" dos caciques tucanos.

"Eu diria que, nos últimos dias, o partido, sem nenhuma imposição de lideranças, está evoluindo naturalmente para a saída do governo. Não para fazer oposição ao governo Temer, mas para não participar mais do governo", disse o presidente em exercício.

Tasso Jereissati assumiu interinamente o comando do PSDB em maio, quando o presidente efetivo, senador Aécio Neves (MG), foi afastado das atividades parlamentares por ordem do ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF).


Fonte: Com informações do G1