mais

População em alerta contra ‘lanceiros’

Nesta época do ano, bandidos intensificam roubos

Todo cuidado é pouco nesta época natalina. Muitos consumidores já com o 13º salário no bolso movimentam as compras de fim de ano no comércio. Clientes precisam prestar muita atenção, porque junto com as vendas no comércio registra-se também o aumento de roubos pelos ‘lanceiros’, grupos de ladrões que agem no centro de Teresina.

A maioria dos “lanceiros”, popularmente conhecidos no centro, aparenta “estar bem vestidos” para não levantarem suspeitas. Os assaltos são diários e as vítimas preferidas são as mulheres, as adolescentes e os idosos, pois são mais frágeis e não oferecem muita resistência. Os lojistas do centro vêm adotando medidas para tratar o problema.


\"
(Crédito: José Alves Filho)


“O Sindilojas-PI procurou a Secretaria de Segurança meses atrás para pedir um reforço e uma presença a mais de policiais no centro para trazer a sensação de segurança para a população. Hoje, já temos mais policiamento nas ruas, mas lamentavelmente a ousadia dos bandidos ainda é grande”, relata Luis Antônio Veloso, do Sindicato dos Lojistas do Comércio de Teresina.

Para evitar transtornos durante as compras de final de ano, a aposentada Francisca Sadi, 64 anos, garante que tenta se proteger. “Quando é para ser assaltado, tanto faz a bolsa estar fechada ou aberta, eles carregam sempre em qualquer descuido. Se colocar o celular na roupa, eles conseguem retirar. Só Deus para proteger” conta. A aposentada usa como estratégia uma sacola para evitar ser roubada. “Às vezes coloco minhas coisas dentro de uma sacola escura para não levantar suspeitas”, determinou.

A vendedora, que não quis se identificar, conhece, e bem, os vândalos. Segundo ela, eles agem em grupos de quatro a cinco pessoas, cercam a vítima, empurram e lhe roubam. “Eles costumam atacar aqui na Simplício Mendes – principalmente nos horários de 10h. Já vi eles agindo na saída de bancos. Não posso falar para as pessoas porque eles podem me marcar”, alertou a vendedora.

\"
(Crédito: José Alves Filho)


Lojas também são alvo de bandidos

As lojas também são vítimas dos criminosos, o que gera um investimento alto em segurança. Na última sexta-feira (07), um grupo de cinco mulheres foi flagrado pela câmera de segurança de uma loja de variedades, no centro, roubando vários objetos, entre eles maquiagens. No vídeo que está circulando nas redes sociais é possível ver as cinco mulheres juntas em um corredor da loja roubando os pertences. Mais de R$ 4 mil em mercadorias foram roubados.

O grupo de mulheres agiu de forma planejada. Nas imagens, uma delas distrai a vendedora enquanto que outras duas do bando utilizam sacolas plásticas escondidas na bolsa para escolher os produtos que querem levar sem serem vistas. Segundo a proprietária da loja, as maquiagens mais caras foram levadas e tudo indica que as próprias criminosas entendem de maquiagem e dos produtos específicos para revenderem.

Os funcionários também são alvo dos bandidos. Segundo registros no 1º Distrito de Polícia Civil, muitos são assaltados indo para a parada de ônibus ou saindo para pegar o carro.

Precaução

Os comerciantes estão se preparando para evitar prejuízos na época de Natal. Em toda Teresina, principalmente nas regiões comerciais mais movimentadas, os lojistas já contratam seguranças extras e adotam estratégias para evitar roubos e assaltos.

De acordo com o Sindilojas-PI, todas as lojas fizeram convênios com empresas privadas de segurança. “Demos essa recomendação, os lojistas já instalaram câmeras de segurança no interior e uma em frente para que se houver qualquer evento sejam identificados os responsáveis”, reforçou o presidente. (V.P.)

\"
(Crédito: José Alves Filho)


PM reforça ação de equipes nas ruas

A Polícia Militar está reforçando o policiamento nas ruas do centro com a operação 'Natal e Ano Novo seguro', que está atuando em pontos estratégicos para inibir a ação dos criminosos. “A operação começou no dia 03 de dezembro e vai até o início de janeiro. 150 policiais já estão atuando na região. Preparamos folhetos com dicas de segurança que serão distribuídos na região para que as pessoas tomem cuidados sobre uso de valores, local onde estacionar carros e isso vai reduzir a sensação de insegurança”, garante o comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar, capitão Teixeira.

Em casos de roubos ou ocorrências, os consumidores devem procurar o 1º Distrito de Polícia Civil localizado próximo à Central de Artesanato para registrar boletins.

Apesar da sensação de insegurança, o centro ainda é a opção preferida para compras entre os teresinenses. As lojas estão preparadas com promoções e muita variedades nos produtos. Muitas promovem sorteios de prêmios e carros para atrair as vendas. Basta que cada um tome uma atitude preventiva para evitar situações indesejadas. (V.P.)

Tópicos

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail