A Rede Meio Norte e o Canal Educação transmitem, ao vivo, desde as 8h da manhã deste domingo (14) diretamente do Theresina Hall, mais uma edição de revisão preparatória do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Em pleno Dia dos Pais, milhares de estudantes se reuniram presencialmente para acompanhar as aulas, além dos que assistem pela televisão e através da internet.

O Pré-Enem Seduc é uma iniciativa que existe desde 2003. Em 2022, fruto de uma parceria do Grupo Meio Norte de Comunicação com a Secretaria de Educação do Estado do Piauí (Seduc-PI), a ideia é atingir alunos que não têm internet tenham acesso a revisão dos conteúdos das provas pela televisão. Este ano, o Enem está marcado para os dias 13 e 20 de novembro.

Milhares de alunos participaram da revisão presencialmente, pela televisão e internet. Crédito: Lucrécio Arrais.Milhares de alunos participaram da revisão presencialmente, pela televisão e internet. Crédito: Lucrécio Arrais.Rayane Oliveira, de 17 anos, é estudante do último ano do CETI Didácio Silva. Ela conta que quer fazer o curso de Direito. 

“Eu acho excelente porque o Didácio coloca revisões na escola e também aqui no Theresina Hall. Além disso, a gente ganha material de graça. É muito positivo”, conta.

Já Wesley Pereira, de 16 anos, e Sulamita Reis, de 18, estão no terceiro ano do CETI Pires de Castro e querem fazer medicina. Para ele, é importante revisar conteúdos. “Na pandemia a gente ficou sem aula e agora podem correr atrás. O maior desafio, sem dúvidas, é a redação”, considera Wesley. Sulamita concorda: “dois anos sem aula e a escrita são desafiadores”, acrescenta.

Alunos do CETI Pires de Castro e Didácio Silva. Crédito: Lucrécio Arrais.Alunos do CETI Pires de Castro e Didácio Silva. Crédito: Lucrécio Arrais.

Valeria Stephany, de 17 anos, quer fazer odontologia e explica que a prova é desafiadora. 

“A matemática é a área mais desafiadora. Ela exige muito o ensino fundamental e teve muita gente que não prestou atenção. Tem as questões de lógica e o tempo que não dá pra pensar direito”, avalia.

Juliana de Maria, de 17 anos, quer fazer veterinária e diz que está estudando muito. “Sei que ainda não estou preparada, mas sei que Deus vai me capacitar até lá”, aponta.

Piauí cresce participação no Enem

De acordo com Viviane Holanda, coordenadora do Canal Educação, o Piauí cresceu em 13,8% a participação no Enem em 2022. 

"Isso é fruto da garra dos nossos alunos. São eles os responsáveis por tantos números positivos para o nosso Estado", revela.

Viviane Holanda. Crédito: Lucrécio Arrais.Viviane Holanda. Crédito: Lucrécio Arrais.

Para Wellington Soares, coordenador do Pré-Enem Seduc, os estudantes sentem dificuldades relacionadas ao longo período sem aulas. 

"A matemática e a redação terminam sendo as maiores dificuldades. A redação precisa ser corrigida com mais leitura. Precisamos cultivar esse hábito entre os jovens"', analisa.

Wellington Soares. Crédito: Lucrécio Arrais.Wellington Soares. Crédito: Lucrécio Arrais.

A transmissão do Pré-Enem Seduc contou com aulas de todas as áreas do conhecimento cobradas no Exame. Além disso, apresentações culturais, como números de dança, animaram os intervalos.