Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Prédio onde funcionava complexo de delegacias está abandonado

O prédio foi abandonado com diversos objetos, além de documentos importantes como arquivos de inquéritos policial e documento que contém dados pessoais de pessoas que procuraram as delegacias

Compartilhe

O prédio onde funcionavam o complexo das delegacias especializadas do Idoso, Silêncio, Mulher, e Acidentes de trânsito, localizado na Rua 24 de Janeiro, no Centro de Teresina, está abandonado. O local foi depredado e teve equipamentos roubados por vândalos e usuários de drogas, depois que as delegacias foram transferidas para outros bairros da capital desde setembro deste ano.

O prédio tem sido diariamente depredado, há documentos com processos espalhados nas salas, e conforme testemunhas, criminosos estão retirando portas, pias, forro, fios e até vaso sanitário.

O advogado Arruda Filho, que tem um escritório bem em frente ao local, teme pela segurança. Ele afirmou ao JMN que já notificou os responsáveis informando da situação do imóvel, no entanto, segundo ele, nenhuma solução foi tomada.

Prédio onde funcionava complexo de delegacias está abandonado- Foto/Reprodução

"Mesmo com a pandemia o prédio funcionava, mas depois parou de funcionar desde setembro. Os vândalos estão roubando papeis, portas, divisórias, pias, fios e até vaso sanitário. É interessante que a criminalidade aumentou drasticamente na região. Sou dono de um imóvel em frente, tenho inquilinos e a insegurança se tornou absurda. Os criminosos estão entrando e saindo em qualquer horário de lá de dentro”, afirmou.

Nas imagens é possível ver portas de vidro depredadas. As salas também têm sido usadas como ponto de encontro por dependentes químicos. O prédio foi abandonado com diversos objetos, além de documentos importantes como arquivos de inquéritos policial e documento que contém dados pessoais de pessoas que procuraram as delegacias.

Prédio onde funcionava complexo de delegacias está abandonado e vândalos roubam equipamentos- Foto: Redes sociais/Arruda Filho

O proprietário do imóvel, por meio de sua secretária, explicou que o prédio ainda não foi devolvido e está sob a gestão do estado. “Quem vai custear o prejuízo? O dono ou estado deve emparedar o espaço com tapumes. Quem vai pagar esse conta? É um desrespeito. Dói muito mais saber que nós que acionamos a polícia para evitar o vandalismo, vamos ter que pagar a reforma? ”, questionou o advogado.

Usuário de drogas roubou até um vaso sanitário do imóvel sem qualquer preocupação- Foto: Reprodução/Arruda Filho

A reportagem buscou contato com a Empresa de Gestão de Recursos do Piauí (Emgerpi), mas não obteve resposta. Segundo orienta o advogado, o local deve passar por uma vistoria para que o prédio seja devolvido ao dono, o que depende de uma reforma e a execução de procedimento licitatório por parte do estado.

Por meio de nota, a Secretaria de Segurança Pública informa que o prédio onde funcionava as Delegacias Especializadas era alugado. Desde outubro de 2020 a SSP convoca a imobiliária proprietária do imóvel para devolver formalmente e nenhum representante comparece.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar