Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Prefeitura conclui 90% da reforma do Mercado do Peixe

Prefeitura conclui 90% da reforma do Mercado do Peixe

Compartilhe

O Mercado do Peixe, um dos pontos de comercializa??o de pescado mais populares de Teresina, est? passando por uma ampla reforma na sua infra-estrutura. Essa ? a primeira vez que o local passa por recupera??o desde que foi fundado em 1993, no governo do ex-prefeito Wall Ferraz. Nessa melhoria est?o sendo investidos R$ 221 mil em recursos do munic?pio.

O objetivo da reforma ? garantir aos trabalhadores e clientes condi?es dignas de higiene o que ir? influenciar diretamente na qualidade dos servi?os prestados e, dessa forma, proporcionar? um aumento nas vendas. A recupera??o incluiu a constru??o de uma tubula??o para receber os res?duos do esgoto, com isso, os restos dos produtos e ?gua servida n?o ficar?o mais expostos.

Como parte da reforma, a Prefeitura est? recuperando toda instala??o el?trica e hidr?ulica do Mercado. Al?m disso, ainda est?o sendo colocadas canaletas que ir?o facilitar o escoamento da ?gua pluvial. ?Tamb?m constru?mos novos banheiros, lanchonete e uma nova ?rea para a administra??o do Mercado do Peixe. Em termos de porcentagem podemos afirmar que 90% da obra j? foi conclu?da?, comenta ?ngela Lima, engenheiro respons?vel pela obra.

?O Mercado do Peixe conta atualmente conta com quatro blocos que desenvolvem atividades distintas, divididas entre comercializa??o e administra??o. Antes havia apenas tr?s e com a reforma houve uma amplia??o com a constru??o de um novo bloco. J? conclu?mos os trabalhos nos blocos IV e III e os dois restantes j? est?o recebendo pintura, acabamento do piso e instala??o el?trica. No bloco I, antes funcionava a venda a varejo, por?m, com a reforma esse espa?o passar? a funcionar como dep?sito. No bloco II, s?o realizadas as vendas a atacado; no III ? onde se encontra a administra??o do Mercado; e no IV, ocorrem as vendas a varejo, por isso esse ? o local onde h? uma maior movimenta??o de pessoas", destaca Lima.

Para a comerciante Geraci Sousa, 46 anos, que h? 10 anos trabalha como vendedora no Mercado do Peixe, a reforma era algo extramente necess?rio. "Antes muitas pessoas n?o vinham comprar peixe aqui por conta das condi?es do local e aqueles que freq?entavam reclamavam muito das condi?es de higiene do local. Mas, hoje, com essa nova estrutura, temos condi?es de trabalhar de forma mais limpa", diz ela enfatizando que ? vi?va e que, atrav?s do seu trabalho, ? que retira seu sustendo e dos seus cinco filhos.

Assim como Dona Geraci, Francisco das Chagas Ferreira, 25 anos, acredita que a recupera??o do Mercado ? um investimento que trar? in?meros benef?cios para as pessoas que trabalham no local. "H? dois anos, sou vendedor em um dos 17 boxes de comercializa??o de peixe que existem no Mercado. Estou muito feliz com essa melhoria no meu ambiente de trabalho e percebo que n?o sou o ?nico; os clientes que v?m aqui tamb?m elogiam bastante", disse.

A reforma na parte do Mercado onde s?o realizadas as vendas j? est? conclu?da. A expectativa ? que no Mercado do Peixe seja comercializado um m?dia de 400 toneladas de pescado por m?s cuja origem s?o os estados do Maranh?o, Cear? e Tocantins.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar