Prefeitura entregará 21 novas creches com 6 mil vagas em Teresina

Prefeitura vai entregar este ano 21 novas creches com 6 mil vagas.

A Prefeitura de Teresina vai entregar este ano 21 novas creches com 6 mil vagas para crianças a partir dos seis meses de idade, informou o secretário municipal de Educação, professor Kleber Montezuma, agora doutor em Políticas Públicas pela Universidade Federal do Piauí (Ufpi). Ele afirmou que em cada uma das creches terá um berçário, com 100 vagas.

Kleber Montezuma afirmou, em entrevista ao Jornal Meio Norte, que no novo mandato do prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), a Secretaria Municipal de Educação tem dois desafios, o de transformar o ensino público municipal no melhor do Brasil, já que hoje ocupa o terceiro lugar entre as capitais, e universalizar as vagas para o ensino infantil para as crianças a partir dos quatro anos de idade.

 secretário municipal de Educação, professor Kleber Montezuma (Crédito: Efrém Ribeiro)
Secretário municipal de Educação, professor Kleber Montezuma (Crédito: Efrém Ribeiro)

“No campo da educação, nós temos dois grandes desafios. O primeiro é continuar melhorando a qualidade da educação. Nós chegamos a um patamar em que melhoramos significativamente a proficiência dos alunos, ou seja, o nível de aprendizado dos alunos melhorou bastante. Por isso, nós temos a terceira melhor educação municipal entre todas as capitais do Brasil e, por parte do prefeito Firmino Filho, ele quer melhorar ainda mais e tem razão porque os nossos alunos merecem mais. Nós temos professores competentes, temos diretores competentes, temos coordenadores escolares competentes, temos orientadores competentes e nossos estudantes são talentosos, inteligentes. Tanto que no ano passado, nós conseguimos mais de 80 medalhas para estudantes de Teresina que participaram de Olimpíadas Nacionais de Matemática, Astronomia, de Ciências, de Química, de Física. Isso mostra que temos estudantes talentosos, com habilidades cognitivas acima da média. O outro desafio que o prefeito defende e luta , é o de ampliarmos o número de vagas para os alunos da educação infantil. Nós já conseguimos contemplar o número de vagas para alunos da educação infantil. A meta número um do Plano Nacional da Educação é universalizar as vagas para as crianças acima dos quatro anos de idade e o prefeito quer ampliar as vagas para as crianças de dois e três anos de idade. Então, nós temos essas duas grandes missões, ma o que facilita é que neste ano de 2017, o prefeito vai entregar 21 novas creches”, afirmou Kleber Montezuma.

Meio Norte – Em que a nova gestão do prefeito Firmino Filho deve avançar na educação de Teresina?

Kleber Montezuma – No campo da educação, nós temos dois grandes desafios. O primeiro é continuar melhorando a qualidade da educação. Nós chegamos a um patamar em que melhoramos significativamente a proficiência dos alunos, ou seja, o nível de aprendizado dos alunos melhorou bastante. Por isso, nós temos a terceira melhor educação municipal entre todas as capitais do Brasil e, por parte do prefeito Firmino Filho, ele quer melhorar ainda mais e tem razão porque os nossos alunos merecem mais. Nós temos professores competentes, temos diretores competentes, temos coordenadores escolares competentes, temos orientadores competentes e nossos estudantes são talentosos, inteligentes. Tanto que no ano passado, nós conseguimos mais de 80 medalhas para estudantes de Teresina que participaram de Olimpíadas Nacionais de Matemática, Astronomia, de Ciências, de Química, de Física. Isso mostra que temos estudantes talentosos, com habilidades cognitivas acima da média. O outro desafio que o prefeito defende e luta , é o de ampliarmos o número de vagas para os alunos da educação infantil. Nós já conseguimos contemplar o número de vagas para alunos da educação infantil. A meta número um do Plano Nacional da Educação é universalizar as vagas para as crianças acima dos quatro anos de idade e o prefeito quer ampliar as vagas para as crianças de dois e três anos de idade. Então, nós temos essas duas grandes missões, ma o que facilita é que neste ano de 2017, o prefeito vai entregar 21 novas creches. Essas creches vai gerar mais de 6 mil novas vagas e, em cada uma dessas creches, vamos ter berçários e os berçários vão funcionar em tempo integral. Então, nós vamos receber essas crianças a partir dos seis meses de idade nas 21 novas creches. A partir de março, nós vamos colocar em funcionamento boa parte essas creches.

Meio Norte – Quantas crianças serão atendidas nos berçários?

Kleber Montezuma – Nos 21 berçários vão gerar mais de 100 vagas, e as creches vão gerar 6 mil novas vagas.

Meio Norte – A Secretaria Municipal de Educação vai trabalhar este ano com quantas escolas públicas municipais em tempo integral?

Kleber Montezuma – Nós vamos trabalhar neste ano com 18 escolas em tempo integral. Em cada região, nós vamos ter escolas representando o ensino de tempo integral. Entre as nossas metas estabelecidas para os próximos anos estão a implantação de escolas de tempo integral, o fortalecimento da Rede para garantir a universalização do ensino entre as crianças em idade de creche, e a continuidade dos projetos desenvolvidos nas escolas, especialmente envolvendo tecnologia, leitura e escrita. Ao todo, 18 escolas devem funcionar em jornada de tempo integral em 2017, sendo oito de ensino fundamental e 10 Centros Municipais de Educação Infantil. Para isso, as unidades de ensino estão passando por adequações físicas e pedagógicas, ampliando de 800 para 1.400 a carga horária anual. A ideia é oferecer, durante todo o dia, atividades esportivas, reforço escolar e mais aprendizado.

Meio Norte – Como a tecnologia será utilizada nas escolas públicas municipais?

Kleber Montezuma - Duas medidas já aplicadas na educação do município, que envolvem a tecnologia, tanto no aprendizado quanto no controle de frequência serão usados amplamente. O MobiEduca.Me é um sistema adotado nas unidades de ensino para controlar entrada e saída dos estudantes por meio de uma carteira eletrônica. O software é integrado ao celular dos pais ou responsáveis, que são notificados diariamente por mensagem de texto no celular sobre a rotina escolar, evitando faltas injustificadas e convidando a família para a participação direta na vida acadêmica de seus filhos. Já para modernizar a sala de aula, os alunos das escolas municipais estão utilizando tablets e avançando na alfabetização através de um aplicativo educativo, monitorado de perto com o auxilio do Instituto Alfa e Beto.

Estamos avançando para fazer com que a educação municipal tenha resultados ainda melhores. Nossa principal meta é fazer com que as crianças passem mais tempo dentro das escolas e sejam alfabetizadas na idade certa.

Meio Norte – Por que a Prefeitura de Teresina está começando com apenas dez escolas de tempo integral?

Kleber Montezuma – Porque não temos experiência de ensino de tempo integral. Nós vamos ter essa experiência e a filosofia do prefeito Firmino Filho é a de que tudo o que a gente tem que fazer, tem que fazer bem feito. Para fazer bem feito, nós vamos iniciar com esse projeto-piloto de dez escolas em tempo integral. Com essa experiência, nós podemos organizar as nossas escolas e, a partir do nos subsequentes, poder aumentar as escolas em tempo integral. Ou seja, nós vamos atender o que preconiza o Plano Nacional de Educação e atender a um desejo da sociedade, que é ter escolas em tempo integral para que as crianças possam ficar mais tempo, possam não só desenvolverem a habilidade cognitiva, mas também possam desenvolver as habilidade socioemocionais. Isso é extremamente importante para se viver em sociedade. O slogan “O lugar de criança é na escola” começa a se materializar em Teresina com a implantação dessa rede de escolas em tempo integral.

Fonte: Jornal Meio Norte