Presidente da Associação dos Cornos do Ceará morre de infarto

José Adauto Caetano, de 67 anos, ficou conhecido nacionalmente.

Morreu neste domingo (16) aos 67 anos José Adauto Caetano, conhecido como o presidente da Associação dos Cornos do Ceará. Adauto sofreu um ataque cardíaco na tarde de domingo, chegou a ser atendido em um hospital, mas não resistiu. Ele é velado na tarde desta segunda-feira (17) no Parque da Saúde.

Há duas semanas, numa das últimas entrevista de Adauto, ele disse ser corno "Graças a Deus". "Uma vez corno, sempre corno. Tenho a ata, estatuto, CNPJ da Associação dos Homens Mal Amados do Ceará, a Associação dos Cornos do Ceará", brincava.

José Adauto sempre repetia que teve 10 casamentos e foi traído por oito mulheres. "Vou processar essa última mulher porque ela não quer trair", disse ao Vida Real que foi ao ar em 3 de julho.

José Adauto também tentava, há vários anos, transferir a presidência da Associação dos Cornos do Ceará. Por um período, o cargo ficou vago. A associação tem cerca de 10 mil associados, todos com carteira.

A associação foi criada há 16 anos por Caetano e, segundo o fundador, desde que surgiu tem um propósito maior que o da brincadeira, que já expunha em livros de cordéis. "Criamos com o objetivo de não agressão às mulheres e dizer que as únicas alternativas se você for traído são aceitar ou deixar a mulher", explicou.

 José Adauto Caetano
José Adauto Caetano



Fonte: Com informações do G1-CE