Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Presidente da Câmara do PI dificulta andamento da CPI contra prefeito

Daniel Guimarães terá suporte do MP, Polícias Civil e Militar para atuar nos trabalhos da CPI.

Compartilhe

O vereador de Uruçuí/PI, Daniel Guimarães - MDB, Presidente e Relator da Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga as ações do prefeito Wagner Coelho em relação ao uso da verba destinada à COVID-19 para este município, já comunicou os órgãos competentes da instalação oficial de uma CPI e, como estabelece a Lei, a comissão terá  acompanhamento do Ministério Público, das Polícias Civil e Militar de Uruçuí.

"A CPI foi instalada e os trabalhos já iniciaram. Vamos precisar de suporte dos órgãos competentes, e para isso já comuniquei ao Ministério Público (na pessoa do Dr. Edgar Bandeira), das Polícias Civil e Militar, respectivamente representadas pelo Delegado Célio Benício e Coronel Nelson Feitosa. Também serão convocados servidores municipais para ajudar nos trabalhos da mesma", disse Daniel.

prefeito Wagner Coelho e vereador Stanley Carvalho 

O requerimento tem origem no Gabinete do Vereador Daniel Guimarães, e mais quatro vereadores assinaram: Gleicy Maria - PT, Cilton Miranda - MDB, Alaiane Sá - MDB e Patrícia Moreira - MDB. A comissão tem o prazo de 120 (cento e vinte) dias com o objetivo de expor, dar conhecimento e visibilidade a toda sociedade dos contratos, licitações, dispensas de licitações, aquisições de EPIs, medicamentos, túneis infláveis, pulverizações, testes rápidos e outras ações realizadas com uso da verba de 2,3 milhões de reais destinada ao controle da pandemia do COVID-19 no município de Uruçuí/PI, no exercício financeiro de 2020. 

Na sessão on-line da Câmara Municipal da cidade, realizada na noite desta quinta-feira, Daniel Guimarães teve dificuldades para proceder com o seguimento da CPI devido o presidente da Casa, vereador Stanley Carvalho (PP) ter criado sérias dificuldades para o andamento da comissão. Como demonstram os áudios que circulam em grupos de Whatsapp, os dois tiveram um bate-boca devido às barreiras criadas pelo presidente do parlamento ao trabalho do vereador o que, segundo Daniel, pode dificultar a liberação de informações sobre como foram gastos os recursos que seriam destinados ao combate à COVID-19.

Esse é mais um caso negativo de repercussão estadual envolvendo a cidade de Uruçuí.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar