mais

Presos por tragédia de Brumadinho deixam cadeia 24h após habeas corpus

Barragem da Vale se rompeu no dia 25 de janeiro deixando pelo menos 203 mortos.

Presos por tragédia de Brumadinho deixam cadeia 24h após habeas corpus
| Reprodução/TV Globo

Os 13 investigados pelo rompimento da barragem da Vale em Brumadinho foram liberados entre a noite desta sexta-feira (15) e a madrugada deste sábado (16) após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) conceder favoravelmente um habeas corpus, que considerou as prisões desnecessárias. Eles haviam sido presos pela 2ª vez nesta quinta-feira (14) após decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

As duas mulheres investigadas que estavam detidas no Complexo Penitenciário Feminino Estevão Pinto, no Bairro Horto, região Leste de BH, foram liberadas por volta das 20h desta sexta-feira (15). Já os 11 homens, entre eles dois funcionários da consultoria alemã TÜV SÜD, foram liberados da Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, por volta de uma hora da madrugada deste sábado (16).

De acordo com o advogado Marcelo Leonardo, que defende parte dos investigados, a burocracia envolvida no processo atrasou a saída dos presídios, mesmo após a decisão do STJ e a expedição do alvará de soltura.

Barragem da Vale, em Brumadinho, se rompeu no dia 25 de janeiro deixando pelo menos 203 mortos e 105 desaparecidos.

Crédito: Reprodução/TV GloboCrédito: Reprodução/TV Globo

Tópicos

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail