Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Professora é detida após fazer sexo com alunos na sala de aula

Segundo informações, ela "seduzia" os alunos pelo Snapchat.

Compartilhe
Google Whatsapp

Uma professora de 29 anos, natural de Chicago, foi detida e está acusada de ter tido sexo com dois alunos menores no recinto escolar, dentro de uma sala de aulas. June Kendall, docente na escola secundária Urban Prep Academy seduziu os dois rapazes, de 17 anos, enviando-lhes fotografias nua através da aplicação Snapchat.

Os crimes de sexo com menores de que está acusada ocorriam durante o horário letivo. Tudo terá começado no início do ano letivo passado, em 2015. A professora de ciências começou a falar com os alunos através do Snapchat e a conversa foi evoluindo e ganhando contornos sexuais.

No início deste ano letivo, em meados de setembro, a mulher começou a enviar fotografias "em que surge em vários estados de nudez", lê-se no processo. Eventualmente, June Kendall "confessou a um dos rapazes que queria ter sexo com ele", afirma a acusação. Em setembro, a professora e um dos alunos combinaram um encontro sexual.

 June Kendall
June Kendall

Uma testemunha viu-os a entrar numa sala de aula e a sair de lá ao fim de 20 minutos. Nesse mesmo dia, horas depois, June marcou encontro com o outro aluno a quem mandava fotos e mensagens de cariz sexual.

Combinou novo encontro e os dois tiveram sexo na mesma sala em que a professora já se tinha envolvido com o outro menor. Este segundo rapaz contou a um amigo o que se tinha passado.

Foi a testemunha do primeiro encontro sexual da professora com um aluno que denunciou o caso à direção da escola. Dois dias depois, as autoridades foram chamadas para investigar.

Pensavam tratar-se de um caso isolado mas, ao falarem com alguns alunos, perceberam que havia outro aluno que também tinha sido vítima da professora.




Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto