“Queria que fosse mentira”, desabafa mãe de jogador após tragédia

A mãe de Gimenez se mostrou desolada com a situação.

“Eu só queria que tudo fosse mentira, que nada disso estivesse acontecendo”. A declaração é de Rosana Gimenez, mãe do lateral Guilherme Gimenez de Souza, o Gimenez, de 21 anos, um dos jogadores que estava no avião da Chapecoense rumo a Medellín, na Colômbia, e que sofreu um acidente na madrugada desta terça-feira (29).

Ex-jogador do Goiás, Gimenez nasceu em Ribeirão Preto (SP) e foi revelado pelo antigo Olé Brasil. O jogador também passou pelo Comercial-SP e depois pelo Botafogo-SP, onde se destacou na Copa Paulista de 2014 e no Campeonato Paulista do ano passado.

Rosana embarca ao meio-dia para Santa Catarina, onde acompanhará o trabalho de resgate dos corpos do acidente aéreo. A passagem foi paga por amigos de Gimenez. A mãe contou que conversou com o jogador nesta segunda-feira (28), antes de ele embarcar para a Colômbia.

Image title

“Ele mandou um WhatsApp com áudio falando que estava feliz, mandou um áudio da minha neta também. Eu ainda perguntei, 'você vai ligar no meu aniversário, que é sábado?', ele falou, 'claro mãe, eu vou ligar'. Aí ele se despediu e falou, 'um beijo, te amo'”, relembrou Rosana. Trabalhadora autônoma, Rosana afirmou que soube da notícia pela imprensa e que ainda não conseguiu falar com Patrícia, mulher de Gimenez, que mora em Chapecó (SC) com a filha do casal, de 2 anos. Apesar disso, Rosana soube por amigos que a nora está muito abalada.

“Ninguém pode imaginar a dor que estou sentindo. Está todo mundo abalado, todo mundo desesperado. Ela está no CT [Centro de Treinamento] com os dirigentes. Estou indo para lá, para dar um apoio, ficar com a minha neta”, disse.

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com