Membros da família real britânica correram para ficar ao lado da rainha Elizabeth, no palácio de Balmoral, na Escócia,  depois que médicos disseram que estavam preocupados com a saúde da monarca britânica de 96 anos nesta quinta-feira (8), dizendo que ela deveria permanecer sob supervisão médica.

A rainha, a soberana com o reinado mais longo da Grã-Bretanha e a monarca mais velha do mundo, sofre do que o Palácio de Buckingham chamou de “problemas de mobilidade episódicos” desde o final do ano passado.

Rainha Elizabeth está sob supervisão médica - Foto: Frank Augstein/POOL/AFPRainha Elizabeth está sob supervisão médica - Foto: Frank Augstein/POOL/AFP

“Após uma avaliação mais aprofundada esta manhã, os médicos da rainha estão preocupados com a saúde de Sua Majestade e recomendaram que ela permaneça sob supervisão médica”, disse o palácio em comunicado.

“A rainha continua confortável e em Balmoral”, acrescentou.

Todos os quatro filhos da rainha - o príncipe Charles, herdeiro do trono, Andrew, Anne e Edward -, além de William, seu neto, viajaram nesta quinta-feira para o palácio de Balmoral, na Escócia, onde a rainha está.

O príncipe Harry e sua mulher, Meghan Markle, que vivem nos Estados Unidos, viajarão para a Escócia para estar perto da rainha Elizabeth II, segundo informou um porta-voz do casal. As duquesas Catherine, mulher de William, e Camila, casada com Charles, também foram ao castelo. Camila inclusive desmarcou um evento oficial que tinha em Londres nesta manhã.

Membro da Família Real estão preocupados com estado de saúde da Rainha Elizabeth II Foto: DANIEL LEAL/AFP Membro da Família Real estão preocupados com estado de saúde da Rainha Elizabeth II Foto: DANIEL LEAL/AFP 

A nova primeira-ministra do Reino Unido, Liz Truss, que foi nomeada ao cargo pela rainha na terça (6), já se pronunciou sobre o comunicado do palácio de Buckingham. "Todo o país está profundamente preocupado", declarou. "Meus pensamentos estão com ela e sua família neste momento". 

No poder há 70 anos, a rainha Elizabeth II vinha apresentando problemas de saúde e mobilidade desde o fim de 2021 e, por conta disso, desmarcando ou adaptando uma série de eventos oficiais.