Para comemorar o Dia Internacional das Mulheres, nesta terça-feira (8), a Rede Meio Norte exibe o programa Coisa de Mulher. A partir das 20h, o público de casa acompanha a programação que vai contar a história de 7 mulheres inspiradoras.

A apresentadora Karla Berger e Naiana Lima vão abordar a temática da crescente presença das mulheres em profissões que antes eram atribuídas, em sua maioria, aos homens.

Em todas as áreas de atuação no mercado de trabalho, elas provam que o Dia Internacional da Mulher é totalmente merecido, com trajetórias que são exemplos de coragem, resiliência e determinação. Mecânicas, caminhoneiras, pedreiras, policiais e outras profissionais serão as protagonistas do programa Coisa de Mulher.

A policial militar Livia Oliveira é uma das mulheres que os telespectadores da Rede Meio Norte vão conhecer (Foto: Arquivo Pessoal)A policial militar Livia Oliveira é uma das mulheres que os telespectadores da Rede Meio Norte vão conhecer (Foto: Arquivo Pessoal)Do sucesso na vida profissional, aos relatos sobre o preconceito que uma mulher enfrenta ao ocupar espaços majoritariamente frequentados por homens, muita história será contada para inspirar e ensinar no Coisa de Mulher. O programa será apresentado por Karla Berger e contará com reportagens especiais da humorista e apresentadora Nayana Lima.

Caminhoneira Fabrícia Araújo participa do programa Coisa de Mulher (Foto: reprodução)Caminhoneira Fabrícia Araújo participa do programa Coisa de Mulher (Foto: reprodução)A dona da personagem Piauilina disse que sua presença dará protagonismo às mulheres que encaram o preconceito para sustentar a família e alcançar o prestígio profissional. “Fiquei muito feliz ao receber o convite para fazer parte do projeto. Falar da vida da mulher é muito importante, principalmente dentro do contexto histórico que nós estamos vivendo. As mulheres têm se destacado em várias áreas e a minha participação traz uma série de entrevistas com mulheres caminhoneiras, mecânicas, empresárias, ou seja, mulheres que estão no lugar em que elas querem estar”, completou.

O diretor de Jornalismo da TV Meio Norte, Marcos Monturil, informou que o programa foi construído para celebrar as conquistas e reforçar que, embora historicamente subjugadas e estereotipadas para determinadas funções, a mulher sempre foi capaz de ocupar qualquer função. “Vamos contestar a história de que certos espaços não são lugares adequados para mulheres. Elas estão conquistando o mercado de trabalho a cada dia”, expressou Monturil.

O programa Coisa de Mulher irá apresentar reportagens e entrevistas no estúdio, destacando trajetórias inspiradoras, valorizando a potência da mulher nordestina e provocando uma conversa branda sobre alguns dos dilemas femininos da atualidade.