Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Acesse a versão para celular

Reforma e ampliação da Nova Ceapi deve iniciar em julho

Concessionária será escolhida por meio de processo licitatório.

Compartilhe
Google Whatsapp

A Central de Abastecimento do Piauí (Ceapi) de Teresina deverá, nos próximos anos, dobrar sua estrutura física. A reforma e ampliação da central vai ocorrer por meio de Programa de Parceria Público-Privada e Concessões do Estado do Piauí e resultará na aplicação de R$ 46.898.830,59 em obras a serem iniciadas ainda em 2017.

A Parceria Público Privada (PPP) na Ceapi é pioneira no Brasil e efetiva o que já está sendo desenhado para estados como São Paulo e Ceará, que preveem concessões para administração de seus entrepostos para o segundo semestre deste ano.

Reforma e ampliação da Nova Ceapi deve iniciar em julho
Reforma e ampliação da Nova Ceapi deve iniciar em julho

A concessionária será escolhida por meio de processo licitatório a ser lançado nos próximos meses. O prazo de contrato da nova central será de 30 anos, por meio de Concessão Real de Direito de Uso (CDRU). O Estado deve receber ainda uma outorga mínima mensal de 3% do faturamento bruto do mês, após os dois primeiros anos de vigência do contrato. A Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc) é o órgão responsável pela processo de concessão, ficando a cargo da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR) a execução do projeto.

A superintendente de Parcerias e Concessões, Viviane Moura, informou que os estudos, a minuta do edital e o contrato estarão disponíveis para consulta no site www.ppp.pi.gov.br até dia 20 de janeiro e que todas as sugestões recebidas sobre o projeto serão avaliadas pela equipe técnica da Suparc. “Após a conclusão desta etapa, e ocorrendo tudo dentro do prazo previsto, iremos lançar o edital no início de fevereiro e já teremos a primeira sessão da licitação em março. Esperamos, assim, que em julho as obras sejam iniciadas”, adianta Viviane.

A finalidade do projeto é transformar o entreposto atacadista num centro inovador e dinâmico, com prédios e construções uniformes, ampliação dos boxes, lojas e módulos, além de garantir um estacionamento com área exclusiva para carga e descarga de mercadoria.

“Acreditamos que este projeto de parceria público-privada desenvolverá as ações que tanto precisamos para tornar o mercado da Ceapi uma referência. A estrutura do mercado está precisando passar por inúmeras reformas, o trânsito de carros e pessoas no local está bem complicado, a segurança, assim como a limpeza. Nós, permissionários, desejamos um mercado modelo, organizado, limpo e acreditamos que este momento chegou”, ressalta José Luís Barbosa, membro da União dos Permissionários da Ceapi (UPC).


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto