Refugiado morre afogado perto de barco e não recebe ajuda

Ninguém pulou na água para ajudar o homem

Um homem, que seria um refugiado africano, morreu afogado no Grande Canal de Veneza, na Itália, enquanto dezenas de pessoas em um barco ao lado presenciaram a cena e gritavam insultos. Ninguém pulou na água para ajudar o homem. 

Um vídeo publicado em uma rede social mostra o homem se debatendo nas águas enquanto testemunhas gritam ofensas e frases de cunho racista, de acordo com o jornal "The Times": "Ele é estúpido. Ele quer morrer", diz uma testemunha. "Vá em frente, volte para casa", esbraveja outra.

Segundo informações do "Independent", o homem foi identificado como Pateh Sabally, de 22 anos, e teria vindo da Gâmbia. A imprensa italiana ainda divulgou que Pateh deixou seu país de origem há dois anos e tinha documentação para residir na Itália.

Autoridades estão investigando o caso e analisando as imagens, mas, segundo informações da agência italiana Ansa, a polícia suspeita que o ato tenha sido um "gesto voluntário". 

Image title

Fonte: Com informações da UOL