Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Reunião define plano para evitar crimes a partir das divisas do Estado

Governador destaca a importância da união de forças policiais entre estados no combate ao crime.

Compartilhe
Google Whatsapp
Siga-nos

O governador Wellington Dias se reuniu, nesta segunda-feira (2), com o delegado-geral da Polícia Civil do Piauí, Lucy Keiko, no Palácio de Karnak, a fim de definir estratégias de prevenção à criminalidade a partir das divisas do Piauí.

De acordo com Keiko, a Polícia Civil está realizando um trabalho constante no combate ao tráfico de drogas e roubos de instituições financeiras e agora irá fortalecer esse trabalho nos municípios que estão localizados nas divisas do estado.

O governador relata que o delegado geral apresentou uma estratégia já discutida com o secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu. “O delegado Lucy Keiko é quem conduz a política de combate ao narcotráfico no Piauí. Como há algumas situações de grupos que atuam em outros estados, é necessário trabalhar de forma integrada com estes estados”, declarou.

Segundo o governador, a intenção é ter uma política de repressão em condições de tratar, na forma da lei, as pessoas que cometem crimes, especialmente na área do comércio da droga que está sempre relacionada a outros crimes. “É um ponto importante no combate à criminalidade e o Governo do Estado apoia estratégias que venham a reduzir a violência e o crime”, ressalta o governador.

Lucy Keiko explicou que foram tratados diversos temas, entre eles o da segurança nas divisas estaduais e sobre a elaboração de planos estratégicos. “Estamos fazendo um trabalho forte no combate ao tráfico drogas, a roubos em instituições financeiras, além do combate à criminalidade de uma forma geral, mas por vezes indivíduos de outros estados migram para tentar cometer crimes aqui no Piauí”, afirmou. “Estabelecemos algumas diretrizes, alguns planejamentos do que devemos fazer em algumas cidades do interior que fazem divisa com os estados. É sempre bom prevenir. Como exemplo, vamos dialogar com os estados que fazem fronteira com o Piauí para que a gente faça essa integração aqui no Nordeste, com vista justamente a evitar crimes”, disse o delegado-geral.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Siga-nos

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar