mais

Saiba quem é o piauiense Kassio Nunes Marques, novo ministro do STF

Indicado por Jair Bolsonaro teve nome aprovado nesta quarta-feira pelo Senado. Desembargador do TRF-1, ele ocupará a vaga deixada por Celso de Mello, que se aposentou no último dia 13.

O desembargador Kassio Nunes Marques, 48 anos, cuja indicação pelo presidente Jair Bolsonaro para o Supremo Tribunal Federal foi aprovada nesta quarta-feira pelo Senado, é natural de Teresina e foi advogado por 15 anos;

Kassio Marques fez parte da Comissão Nacional de Direito Eleitoral e Reforma Política da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Piauí e também foi juiz do Tribunal Regional Eleitoral do estado.

Em 2011, Marques entrou para o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), na cota de vagas para profissionais oriundos da advocacia. Ele foi escolhido pela então presidente Dilma Rousseff.

O magistrado é formado em direito pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), com especialização em processo e direito tributário pela Universidade Federal do Ceará (UFCE) e mestrado em direito constitucional pela Universidade Autônoma de Lisboa e doutorado pela Universidade de Salamanca, na Espanha.

Kassio Marques ingressará no Supremo na vaga de Celso de Mello, que se aposentou no último dia 13.

Segundo informou o Blog do Camarotti, a articulação para a indicação de Kassio Marques começou no final do mês passado, quando o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), telefonou para o ministro Gilmar Mendes, do STF, na presença do presidente Jair Bolsonaro.

Segundo o blog, Alcolumbre disse a Gilmar Mendes que Bolsonaro gostaria de conversar pessoalmente com o ministro. Logo depois, acompanhado de Kassio Marques, Bolsonaro chegou à casa de Mendes. O ministro Dias Toffoli, que deixou a presidência do STF neste mês, também participou da conversa.

Para assumir como ministro, Kassio Marques passou nesta quarta-feira por sabatina na Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal (vídeo acima), conforme estabelece a Constituição Federal.

Em julho de 2019, o presidente Jair Bolsonaro disse que indicaria um ministro "terrivelmente evangélico" para uma das duas vagas que serão abertas durante seu mandato -- o ministro Marco Aurélio Mello se aposentará em julho de 2021.


Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail