Saúde empossa 174 profissionais da Maternidade Evangelina Rosa

Serão empossados médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem

O secretário de Estado da Saúde, Francisco Costa, empossa nesta quarta-feira (10) os 174 profissionais aprovados no processo seletivo da Maternidade Dona Evangelina Rosa. Serão empossados médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem, que deverão iniciar as atividades imediatamente.    

A contratação desses profissionais vai intensificar os cuidados à mulher e aos recém-nascidos, como afirma Costa. “A Maternidade sofre uma pressão muito grande por um volume sempre crescente de gestantes que procuram aquele estabelecimento, tanto de baixo, como a complexidade maior, do alto risco. Vamos reforçar a equipe, com profissionais na área de enfermagem e médicos que também vão trabalhar na desde a obstetra, como intensivista da neonatologia”. O processo seletivo atende ao Termo de Ajustamento de Conduta(TAC), com o Ministério Público.  

Além dessa estratégia, outras ações foram implantadas no processo de melhoria da Maternidade Dona Evangelina Rosa. “Está em processo licitatório a construção de 10 leitos de Unidade de Cuidados Intensivos Neonatal, além da reforma no setor administrativo para ampliarmos em mais 40 leitos obstétricos”, cita Costa, enfatizando que a abertura da Casa da Gestante, com 20 leitos, foi outra ação para diminuir o fluxo de pacientes para a Maternidade.

De acordo com o diretor geral da Maternidade, Francisco Macêdo, a previsão é que a construção de 10 novos leitos da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) seja iniciada ainda neste semestre, já que o processo licitatório está em fase de conclusão. “Estamos trabalhando junto com a Secretaria de Estado da Saúde e uma equipe de engenheiros e arquitetos pra que possamos encontrar uma maneira viável para que aumentar o número de leitos de Obstetrícia e Neonatologia. Já temos soluções prontas para começar”, explica.  

Fonte: Portal MN
logomarca do portal meionorte..com