Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Sem Ensino: Ufpi e Uespi em greve no Piauí

Professores das duas universidades públicas anunciam greve reivindicando reajuste no Estado

Compartilhe

Reunidos em Assembl?ia Geral, ontem, no audit?rio da Associa??o dos Docentes da Universidade Federal do Piau? ?(Adufpi), os professores da Ufpi, ap?s discutirem a conjuntura e o encerramento das mesas de negocia??o, desde dezembro de 2007, decidiram por manter o indicativo de greve da categoria e criar um calend?rio de mobiliza??o, no Piau?, em

conjunto com as demais Associa?es de Docentes (ADs) no pa?s, lideradas pelo Sindicato Nacional dos Docentes de Ensino Superior, o Andes.

A assembl?ia teve como ponto principal a discuss?o da campanha salarial, ainda de 2007, que teve as negocia?es encerradas de forma unilateral pelo governo federal, que alegou problemas conjunturais, devido o fim da

CPMF. O indicativo de greve permance como foi votado no ano passado, sem data.

Outro golpe do governo foi recuar sobre um elemento estruturalmente positivo para a composi??o de sal?rios dos docentes, que ? a incorpora??o de gratifica?es, como a GAE (Gratifica??o de Atividade Executiva) ao vencimento b?sico.

O Andes-Sindicato Nacional informou que o governo federal obteve um recorde de arrecada??o em janeiro deste ano, mesmo com o fim da CPMF. Motivo este que, por si s?, p?e por terra o argumento da falta de recursos para reajustes.

Por tudo isso, a Adufpi tamb?m concorda que os professores das institui?es federais de ensino superior devam ser atendidos, pois a universidade p?blica e sua qualidade ? de interesse p?blico.

Come?a hoje paralisa??o de professores na Uespi

Os professores da Universidade Estadual do Piau? realizam, hoje e amanh?, uma paralisa??o de advert?ncia, em busca de reajuste sala-

rial. ?Um estudante de licenciatura, estagi?rio da rede estadual de educa??o, que cumpre 20 horas de trabalho, recebe R$ 516; isso mostra a precariedade da situa??o do docente da Uespi, que ganha m?seros R$ 506 pelas mesmas 20 horas, no caso do docente graduado. Este descaso n?o pode continuar?, reclama Daniel Solon, presidente da Associa??o dos Docentes da Uespi.

Os professores reivindicam o piso de R$ 1.733,88, valor do sal?rio m?nimo que o Dieese (Departamento Intersindical de Estat?stica e Estudos Socioecon?micos) calcula como suficiente para atendimento dos direitos

previstos na Constitui??o, para uma fam?lia. ?A paralisa??o ? uma advert?ncia ao Governo, para mostrarmos que n?o aceitamos sua postura intransigente de n?o querer negociar e ignorar nossa luta por melhores condi?es de trabalho?, declara o presidente.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar