Senado constrange pessoas que responderam enquete sobre maconha

Foi divulgado os nomes e emails dos que responderam a enquete

Cidadãos que apoiaram a regulamentação do uso da maconha em consulta pública realizada pelo site do Senado ficaram irritados aos descobrirem que a Casa divulgou seus nomes e emails. Segundo a assessoria da instituição, a publicação está prevista na política de privacidade da página e é feita para evitar fraudes.


DESAVISADOS

A enquete pergunta sobre um projeto para regular o "uso recreativo, medicinal e industrial da maconha". Por enquanto os apoiadores vencem com vantagem: já são mais de 50 mil, contra 2000 que discordam.


Fonte: Uol
logomarca do portal meionorte..com