Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Sergio Moro diz que deixaria cargo se comprovadas irregularidades

Moro reiterou, durante as mais seis horas de sessão, que os diálogos mostrados até agora são "completamente normais"

Compartilhe
Google Whatsapp

Ao falar à Comissão de Constituição e Justiça ( CCJ ) do Senado sobre as conversas vazadas com o procurador Deltan Dallagnol , o ministro da Justiça, Sergio Moro, disse nesta quarta-feira que não tem apego pelo cargo e que, se comprovadas irregularidades de sua parte frente à Operação Lava-Jato, pedirá demissão. O ex-juiz federal defendeu que o site "The Intercept Brasil" entregue às autoridades a íntegra do conteúdo que embasou as reportagens publicadas até agora, para que a íntegra das informações venha à tona.

Moro reiterou, durante as mais seis horas de sessão, que os diálogos mostrados até agora são "completamente normais" e afirmou que não pode reconhecer a autenticidade do material revelado pelo site. Para o ministro, a divulgação dos diálogos é fruto do trabalho de um grupo de hackers criminosos.

 Foto: Jorge William / Agência O Globo

— Não tenho apego ao cargo em si. O site que mostre tudo, todas as conversas, e se houver irregularidade, eu saio do cargo. Mas não houve — disse Moro ao responder o senador Jaques Wagner (PT-BA).

O parlamentar do PT sugeriu que houve abusos na condução da Lava-Jato, da qual ele mesmo foi alvo. Ao mencionar a própria experiência enquanto investigado (a casa do senador e ex-governador da Bahia foi objeto de busca e apreensão), Wagner mencionou que pouco após receber a visita da Polícia Federal (PF), uma delegada concedeu uma entrevista o acusando de um desvio milionário. Ao finalizar o relato, o petista questionou se Moro não considerava que a Lava-Jato poderia ter cometido erros e perguntou se ele cogitaria deixar o cargo. Foi, então, que o ministro admitiu que o faria caso fiquem comprovadas irregularidades da parte dele.




Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×