Silas Freire lamenta números reveladores da violência no Piauí

Atuação de Silas Freire na área da segurança

O deputado federal Silas Freire (PR) com atuação parlamentar pautada na segurança pública, reconhecidamente uma de suas maiores preocupações e também da sociedade, se manifestou a respeito dos recentes números que apontam Teresina como a a 38º cidade mais violenta do mundo e a 13ª cidade mais violenta do Brasil, segundo ranking elaborado pela ONG mexicana Conselho Cidadão para Segurança Pública e Justiça Penal.

"A situação da segurança pública do estado do Piauí nunca esteve tão difícil. Desde que comecei a trabalhar na imprensa, em 1988, nunca vi a pasta tão mal planejada e sem estratégia. As cidades do interior convivem nos últimos dois anos com a violência equivalente a das metrópoles. Em teresina a situação é ainda pior: números vergonhosos e assustadores aprisionam o teresinenses com medo da bandidagem que cresce diante da frágil estratégia de segurança. A olho nu podemos afirmar que temos a pior gestão de segurança pública dos últimos 40 anos." , lamentou ele.

Apesar da crítica, Silas disse reconhecer o esforço do governador em tentar equipar as polícias, bem como com concursos e chamamentos, embora em pequenos números para área da segurança.

O ranking revela ainda que a capital do Piauí aparece com um índice de 42,84 homicídios para cada 100 mil habitantes. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), um índice acima de 10 mortes por 100 mil habitantes já configura epidemia de homicídios.

E Silas Freire confessa que gostaria de poder ajudar mais : " Não quero somente criticar. Quero e tento ajudar no parlamento, mas esbarro em não poder enviar emendas ao orçamento da União para pelos menos reforçar a estrututra material, já que sou sou suplente no exercício do mandato e as emendas ao orçamento são dos titulares do mandato. Ficamos tristes, pois o retorno dos titulares para a área da segurança nunca é prioridade.", esclarece Silas que ainda diz estar disposto a colaborar legislando e propondo idéias para combater a ação dos criminosos que aterrorizam o nosso estado.

Atuação de Silas Freire na área da segurança

Desde a campanha eleitoral, Silas Freire defendeu medidas na área da segurança pública, a principal delas foi a redução da maioridade penal. Após um árduo trabalho, a proposta foi aprovada na Câmara e seguiu para o Senado, onde permanece parada. Além disso, o deputado tem projetos para o fim de indultos de detentos reincidentes no crime, indenização por danos morais para famílias das vítimas dos bandidos e da criminalidade e ainda a revogação do Estatuto do Desarmamento que, para ele, desarmou o cidadão mas deixou os bandidos livres para ameaçar a população na certeza de que ela não tem como se defender.

Freire também levantou debates na Câmara Federal sobre o financiamento da segurança pública, buscando alternativas para isso e defende a criação do Ministério da Segurança.

Fonte: Com informações da Ascom