Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Sistema penitenciário do Ceará começa produção de 11 mil máscaras

As internas selecionadas para a produção passaram por treinamento específico de confecção desse tipo de máscaras

Compartilhe

A matéria-prima foi doada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e a produção será realizada por internas do Instituto Penal Feminino Auri Moura Costa. O material será utilizado dentro do próprio sistema penitenciário que conta com 17 unidades prisionais e 13 cadeias públicas

A Federação das Indústrias do Ceará (FIEC), através do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), realizou doação de material suficiente para a confecção de 11 mil máscaras de proteção. A matéria-prima foi recebida pela coordenadora de inclusão social do preso e do egresso da Secretaria da Administração Penitenciária, Cristiane Gadelha, além do secretário da Pasta, Mauro Albuquerque, e do seu secretário executivo, Maiquel Mendes.

Mauro Albuquerque ressalta a parceria com as entidades e comenta sobre o envolvimento do sistema penitenciário na luta contra o Corona Vírus. “As máscaras são equipamentos de proteção fundamentais nesse período. Já adotamos no sistema penitenciário e vamos produzir milhares de exemplares com a nossa mão de obra qualificada dentro do próprio sistema. Importante destacar mais essa parceria com a FIEC e Senai. Um ganho social e um esforço coletivo na luta contra o Corona Vírus”, atesta.

Nágila Aquino

Seis internas do IPF, certificadas ano passado pelo Senai, serão responsáveis pela produção do material. Através do presidente do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, Paulo André de Holanda, a SAP recebeu rolos de TNT, linha, clipe nasal e elástico. “Por orientação do presidente da FIEC, Ricardo Cavalcante, o Senai doou material necessário para que as internas do IPF realize a confecção de 11 mil máscaras de proteção. A certificação dos 4 mil internos e internas ano passado pelo Senai já rende frutos concretos a sociedade”, assegura Paulo André.

As internas selecionadas para a produção passaram por treinamento específico de confecção desse tipo de máscaras. Desde a última sexta-feira (3), a produção já iniciou em forte ritmo. A interna Alana Tamires, de 26 anos, comenta sobre a importância do seu trabalho no combate ao Corona Vírus. “Importante saber que nosso esforço ajudará a proteger pessoas. Nosso trabalho de confecções das máscaras pode salvar vidas”, afirma.

Ascom SAP/Governo do Ceará  (Nágila Aquino - Fotos)


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar