Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Strans indica rotas alternativas para evitar a Avenida Raul Lopes

Via está interditada para que a Águas de Teresina faça reparos.

Por conta da interdição na Avenida Raul Lopes no sentido norte/sul, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) está dando apoio na organização do fluxo de veículos no local. A empresa Águas de Teresina está trabalhando para a recuperação da rede de esgotamento e estima que a interdição durará cerca de 20 dias.

De acordo com o gerente de Operação e Fiscalização da Strans, Denis Lima, os agentes de trânsito estão no local da interdição nos três turnos. “Estamos fazendo o monitoramento diário na Avenida Raul Lopes a fim de minimizar os problemas\", explica.


Porém, com a interdição, os motoristas devem evitar o trânsito pelo local. \"A nossa orientação é que os condutores circulem pela avenida Ininga como rota alternativa. A avenida Jóquei Clube também pode ser uma opção para evitar o trecho que está interditado”, enfatiza.

\"
(Crédito: Raíssa Morais)


No que diz respeito à circulação dos ônibus, o gerente de Planejamento da Strans, Denilson Guerra, informa que as rotas dos ônibus que vêm no sentido sul/norte foram alteradas, especialmente nos horários de pico.


Os ônibus estão fazendo a rótula próximo à Lojas Pintos para os passageiros desembarcarem e seguem pela alça da Ponte da Joãõ XXIII com destino ao centro da cidade. “Fizemos essa mudança somente nos horários de pico, por conta do congestionamento que estava se formando no trecho interditado. As pessoas devem pegar o ônibus na rótula próximo a Pintos”, finaliza.

\"
(Crédito: Raíssa Morais)



Tópicos

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push
<